Emprego temporário deve crescer 25% em julho

Emprego temporário deve crescer 25% em julho

O Brasil deverá abrir 15 mil vagas temporárias formais terceirizadas em julho de 2010 por conta do período de férias escolares. A estimativa é da Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e Trabalho Temporário (Asserttem) e supera em 3 mil (25%) o número de vagas criadas no mesmo mês do ano passado.

Das 15 mil vagas que serão abertas, prevê a entidade, o setor de entretenimento e lazer (parques temáticos, clubes, pousadas, restaurantes, bares, hotéis) será responsável por 10,5 mil. Indústria e comércio abrirão 4,5 mil.

De acordo com a diretora da Asserttem, Jismalia Oliveira Alves, o aumento do número de vagas temporárias terceirizadas é resultado da recuperação econômica do país pós-crise econômica. Segundo ela, o destaque para o setor de entretenimento e lazer pode ser explicado pela maior procura das famílias por diversão, no mês de férias.

“Esse desempenho dos setor de entretenimento e lazer é específico para época de férias. No Natal, por exemplo, o comércio tem a demanda maior. Na Páscoa, é a indústria e o comércio”, afirma.

Segundo levantamento da entidade, aproximadamente uma a cada três pessoas empregadas temporariamente será efetivada. A Asserttem ressalta que, em julho, os empregos temporários serão o primeiro emprego de 3,4 mil pessoas.

Com ABr

Notícias relacionadas