Super banner
Super banner

Empresário diz que Arquetipo está sendo alvo de declarações maldosas

Empresário diz que Arquetipo está sendo alvo de declarações maldosas

Efigênio Boaventura Gomes, sócio da Arquetipo - Foto: Jorge Mourão

Da Redação/Jorge Mourão – O empresário Efigênio Boaventura Gomes, sócio da Arquetipo Jateamento e procurador da Arquetipo Estruturas de Aço, prestou esclarecimentos à Comissão Processante (CP) da Câmara Municipal nesta manhã (27) sobre as atividades do grupo – fabricação e instalação de estruturas metálicas – nas obras de revitalização da avenida Antônio Carlos e construção do Centro Administrativo e da hemodinâmica da Santa Casa de Misericórdia.

Em resposta aos questionamentos levantados pelos membros da CP, vereadores Marco Antonio Rios (presidente/PSDB), Lídia Jordão (relatora/PP) e Garrado (PR), o empresário afirmou que especificamente nas obras da Antônio Carlos e da Santa Casa as contratações não foram realizadas pela prefeitura e sim pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) e administração do hospital, respectivamente.

A mineradora doou R$ 2,6 milhões para o Teatro Municipal e a Santa Casa utilizou recursos públicos do convênio de R$ 3,8 milhões, firmado com a administração municipal em março passado.

Oitiva com Efigênio Baoventura Gomes - Foto: Jorge Mourão

Em relação ao Centro Administrativo, o empresário disse a Arquetipo participou e venceu licitações públicas para a fabricação e instalação das estruturas metálicas dos prédios das secretarias municipais e do Gabinete. “As secretarias já estão prontas e agora estamos aguardando a conclusão da fundação para a instalação no Gabinete da prefeitura.”

Em entrevista à imprensa, Efigênio atribuiu a denúncia de irregularidades nas obras que estão sendo investigadas pela CP como maldosas. “É falta de informação de quem saiu relatando esses fatos, pessoas sem conhecimento que saíram dizendo e essas denúncias, que foram esclarecidas, são uma inverdade”, afirmou.

“O nome da Arquetipo não pode ficar rolando por aí como estava rolando, por declarações maldosas de pessoas que não sabem o que estão falando, não têm o conhecimento de causa e ficam dando tiro para todo lado e prejudicando pessoas que não têm nada a ver, intenções que a gente não sabe realmente quais são. A Arquetipo é uma empresa renomada, está no mercado há muitos anos (desde 1994), é experiente e tem conhecimento técnico daquilo que faz.”, acrescentou.

Dispensa

O depoimento de Edson Luiz Carneiro, sócio de Efigênio, que também estava marcado para esta manhã (27), foi dispensado. De acordo com o presidente da CP, Marco Antonio Rios, os esclarecimentos prestados por Efigênio em relação às contratações e atividades das empresas (Jateamento – Estruturas de Aço) foram suficientes.

Calendário

Sexta (28)

9h – Antônio Gilberto Ribeiro de Castro (CBMM)

11h – Clério Ribeiro Rezende Filho (CBMM)

Segunda (31)

9h – Adair da Silva (Santa Casa)

11h – Willy Ferreira Amador (Arquetipo)

14h – Thiago D’ Mambro (prefeitura/Setor de Licitações)

16h – Dalca Costa Pereira Marques (prefeitura/Setor de Licitações)

Terça (1°)

10h30 – Francisco Carlos Antonello (prefeitura/assessor Especial)

Quinta (3)

9h – Gilberto Fonseca Filho (prefeitura/Secretaria de Desenvolvimento Urbano)

11h – Osmar Gonçalves dos Santos (prefeitura/Secretaria de Desenvolvimento Urbano)

Sexta (4)

11h – João Bosco Borges (secretário municipal de Desenvolvimento Urbano)

Segunda (7)

9h – José Clementino dos Santos (ex-secretário municipal de Planejamento e Gestão)

11h – Alda Sandra Barbosa Marques (secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias)

14h – Jeová Moreira da Costa (prefeito de Araxá)

Notícias relacionadas