Encerramento Projeto ‘Bom de Bola, Bom na Escola’

Encerramento Projeto ‘Bom de Bola, Bom na Escola’

O projeto “Bom de Bola, Bom Na Escola” foi encerrado na última sexta-feira, 20, no Estádio Municipal Fausto Alvim. A iniciativa realizada pelo Araxá Esporte em parceria com a Administração Municipal começou em março passado e beneficiou vinte meninos de 12 a 15 anos atendidos pelas duas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) situadas nos bairros Abolição e Francisco Duarte.

O projeto foi uma contrapartida do repasse de R$ 200 mil da Prefeitura Municipal com Araxá Esporte. O assessor de Esportes Amador e Rural Germano Afonso ressaltou a importância da administração pública apoiar a iniciativa, pois possibilita que crianças da periferia treinem no mesmo local do treino de jogadores profissionais. Ele também destacou a parceria com a Secretaria Municipal de Educação no transporte dos adolescentes para o estádio.

O coordenador José Antunes Soares Júnior (Dedé) destaca que o projeto trouxe mais autoestima aos participantes. “Para eles é de grande valia um projeto desta forma, criando realmente garotos de responsabilidade, de disciplina e também de alto rendimento, formando cidadãos de bem”, ressalta.

A garotada foi comandada por um profissional experiente no futebol, que sabe que todo o início de uma carreira neste esporte deve ser incentivado com respeito e sabedoria. “A molecada não deve ter só um bom desempenho durante aos treinamentos e trabalhos que foram desenvolvidos aqui, mas na escola, acho que essa é a parte mais importante. É um projeto bem desenvolvido pelo Araxá Esporte em parceria com a administração municipal”, diz treinador João Paulo Marcelino.

E o projeto já está gerando bons frutos. Walysson Ramos, 15 anos, irá fazer testes no Cruzeiro. “É uma boa oportunidade que a gente teve no projeto, conseguir me destacar. Agora é focar, passar e tentar ficar lá. Aprendi que a gente tem que ser bom em tudo, tem que ter boas notas na escola, tem que se destacar na escola para continuar dentro do projeto e não deixar ninguém se envolver com drogas”, enfatiza Walysson.

No encerramento, Germano acrescentou que o objetivo do projeto “Bom de Bola, Bom Na Escola” para 2016 é envolver mais crianças e adolescentes atendidos pelas unidades do Cras e realizar os treinamentos em dois períodos para atender também os alunos que estudam à tarde.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: