Encontro entre rotarianos e bolsistas do Uniaraxá revela histórias emocionantes

Encontro entre rotarianos e bolsistas do Uniaraxá revela histórias emocionantes

O Uniaraxá promoveu, na última semana, um encontro entre rotarianos da cidade e alunos da instituição que são beneficiados com bolsas de estudo. Vários rotarianos são parceiros do projeto e patrocinam sete alunos, que vêm da Escola Estadual Rotary, são de baixa renda, tiveram boas notas na escola.

Na oportunidade, os integrantes do Rotary Araxá puderam conhecer melhor a história dos alunos que apadrinham, relatos de quem supera as dificuldades diariamente e está realizando sonhos que antes eram impossíveis.

A aluna Jéssica Castro dos Santos tem 21 anos e cursa o 2º período do curso de Fisioterapia. Ela destaca que ficou surpresa quando passou em terceiro lugar e a mãe, mesmo não tendo condições de pagar o cartão de crédito no mês seguinte, pagou a matrícula da filha.

Atualmente Jéssica está desempregada, ela trabalhava a noite e teve que parar de trabalhar para se dedicar aos estudos. Especificamente no dia da prova, ela chegou em casa quase às 5h da manhã, porque trabalhava num buffet na noite anterior, mas mesmo assim chegou às 8h do dia da prova, conseguiu passar e hoje tem a bolsa, ela paga somente 20% do valor do curso. “Eu pensava que era um sonho enterrado, quando eu soube que poderia realizar eu agradeci muito a Deus pela oportunidade que eu tive. Essa foi a única oportunidade que tive até hoje na minha vida”, afirma, emocionada.

O aluno Klinger Silva Veloso Filho tem 21 anos e está no 2º período do curso de Engenharia Civil. Ele foi um dos alunos do Rotary beneficiados pela bolsa de estudos do Rotary Araxá, e assim que ganhou a bolsa, foi contratado pela empresa CRL Locações. É patrocinado e empregado pela mesma empresa.

Ele conta que, por curiosidade, descobriu o projeto e acabou sendo um dos beneficiados, era a terceira vez que ele prestava vestibular, sempre passava, mas nunca tinha dinheiro pra pagar a mensalidade. “Minha expectativa lá na empresa é muito grande, tenho objetivos e minha vida inteira superei as dificuldades.” Ele destaca que era um sonho e de todo jeito iria buscar uma forma de alcança-lo. “Mas com essa oportunidade as coisas foram se encaixando, tudo no seu devido tempo”, acredita.

O empresário José Luiz Ladislau, proprietário da empresa CRL Locações, também é Rotariano, patrocina e emprega um dos bolsistas, o aluno Klinger Silva Veloso Filho.

Ladislau afirma que o aluno demonstrando interesse e conseguindo se desenvolver bem, ele tem chances reais de continuar na empresa enquanto estuda e depois que se formar. “Ele poderá no futuro ser um colaborador dentro da sua qualificação técnica. Isto o beneficia porque já sai empregado e beneficia também a empresa que conhece o perfil do seu bolsista, tornando-o um colaborador que não mais precisará de treinamento inicial para suas funções”, destaca.

O empresário Gildo José Ferreira é um dos apoiadores do projeto e afirma que, conhecer de perto os alunos, foi emocionante. “Me coloquei no lugar deles, na idade deles eu também não tinha condições de estudar. Nenhum deles estariam fazendo curso superior se não fosse através da bolsa”, destaca. José Marcelo Jorge é advogado e afirma que mesmo sendo inédito e ainda estar passando por ajustes, o projeto de bolsas desenvolvido pelo Rotary Araxá e pelo Uniaraxá, já despertou interesse de rotarianos de outras cidades. “A intenção do Club e continuar e expandir o projeto, inclusive para as cidades vizinhas que possuem alunos na Instituição e Clubes Rotarys”, afirma.

O reitor do Uniaraxá, professor Válter Gomes, é rotariano e um dos idealizadores do projeto, ao lado do também membro do Rotary em Araxá, Mário Marques. Válter destaca a importância do projeto que possibilitou a profissionalização dos bolsistas. “Queremos fazer a diferença na vida desses jovens que não estaria estudando se este projeto não existisse”, completa.

Notícias relacionadas