Super banner
Super banner

Escolas municipais e particulares também adiam o retorno às aulas

Escolas municipais e particulares também adiam o retorno às aulas

As escolas municipais e particulares de Araxá também aderiram ao adiamento para o próximo dia 10 do retorno às aulas. A medida foi anunciada pelo governo de Minas para a rede estadual na última sexta-feira (31). O secretário adjunto de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza, afirma que o adiamento do retorno às aulas não tem relação com o perfil epidemiológico da Influenza A no Estado, pois este não sofreu nenhuma mudança significativa.

 “O adiamento foi definido para que a próxima semana seja direcionada à capacitação dos professores e profissionais que lidam diretamente com os alunos, uma vez que muitos destes profissionais ainda se encontravam de férias.”

Ele reforça que os alunos devem permanecer em casa, evitar locais como shoppings e cinemas, caso apresentem qualquer sintoma de gripe.

A orientação é válida também para os professores e funcionários das escolas. Se os sintomas forem mais fortes, as pessoas devem procurar o serviço de saúde. De acordo com Antônio Jorge, que também preside o Comitê de Enfrentamento de Influenza A H1N1 em Minas Gerais, o adiamento das aulas é decorrente da percepção que pairavam várias dúvidas na sociedade.

“A medida do governo é diretiva para a rede estadual de ensino, e é uma forte sugestão para que todas as redes de ensino façam a adesão ao adiamento”, afirma.

A secretária Vanessa Guimarães Pinto também reforçou a recomendação do Comitê de Enfrentamento para que os alunos com sintomas de gripe, a qualquer tempo, não frequentem a escola e mantenham a direção das escolas informadas.

O adiamento vai ser um mecanismo de mobilização da escola com a preparação das equipes para receber os alunos no dia 10 de agosto. No caso da capital, onde se concentra a maior parte dos casos, e as escolas maiores, os diretores participarão de reuniões com técnicos da área de saúde.

O adiamento da volta às aulas é válido apenas para os alunos. Os professores devem se reunir na escola durante entre os dias 3 a 7. Os diretores das escolas têm liberdade para definir quanto tempo os professores irão dedicar na próxima semana para prepararem a abordagem do tema.

De acordo com a secretária, ainda em agosto será definido o novo calendário escolar da rede estadual de ensino.

Casos

Minas Gerais tem, até o momento, 373 casos suspeitos e 155 casos confirmados de Influenza A. Há 291 descartados.

Escolas particulares que aderiram ao adiamento

Atena
Dom Bosco
São Domingos
Monteiro Lobato
Centro de Desenvolvimento Humano (CDH/CBMM)
Sonho Meu
Amar É
Alegria do Saber
Cultura Inglesa

Notícias relacionadas