Escora cede e prefeitura retira parte da laje nas obras do teatro

Escora cede e prefeitura retira parte da laje nas obras do teatro

Da Redação/Raphael Rios – A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano retirou parte da laje nas obras do teatro após a escora ceder. Na manhã de hoje (24), o secretário João Bosco Borges explicou as causas do incidente. “Uma das escoras cedeu e com isso a laje abaixou. Então, nós achamos prudente lavar aquele concreto e jogar para baixo do que deixar a laje torta e depois ter que romper com o rompedor. Quando jogamos a água a ferragem cedeu, tiramos parte do escoramento, lavamos e agora vamos voltar o escoramento e acabar de concretar o restante da laje. Foi só uma parte da laje que cedeu, o restante da laje já está feito”, diz.

João Bosco ressalta que não se tratou de um acidente e sim de um incidente. “Vamos deixar claro isso. É uma situação de praxe. Quem vive obras no dia a dia sabe que se está sujeito a esses riscos. As vezes uma peça falha, e para não comprometer a estrutura, entendemos por bem usar o caminhão pipa e lavar aquele concreto onde cedeu”, afirma.

O secretário destaca que a obra não sofrerá atrasos pelo incidente. “Não tem atraso nenhum. A obra continua dentro da programação que nós definimos. O que acontece é que há muita especulação negativa em cima do que a administração está fazendo de bom”, questiona.

Ainda de acordo com João Bosco, parte dos tapumes da avenida Antônio Carlos será retirada no início de dezembro. “Não serão retirados todos os tapumes. Serão retirados os tapumes na parte da praça onde nós vamos terminar o piso aproximadamente até as imediações da Caixa Econômica. O restante ficará com tapumes porque temos que seguir as obras do teatro”, diz.

Notícias relacionadas