Estabelecimento é furtado por autor que tem seis dedos em cada mão

Estabelecimento é furtado por autor que tem seis dedos em cada mão

Ocorrências Policiais

Nesta terça-feira (2), por volta das 16h, a Polícia Militar (PM) compareceu em um estabelecimento comercial na rua Wellington Lemos, bairro Pão de Açúcar, onde, segundo o proprietário de 62 anos, ele estava no local juntamente com sua funcionária de 25 anos, quando em determinado momento teve que deslocar-se ate sua residência para alguns afazeres, tendo ficado em seu comércio apenas a funcionaria e ao retornar foi informado de que um homem jovem, baixo, negro, trajava bermuda e camiseta azul e boné com os cabelos encaracolados saindo para fora da aba, o qual era de estatura baixa e possuía seis dedos em cada mão, havia aproveitado de sua ausência e roubado seu comércio com um facão em punho.

O proprietário informou ainda que o autor se trata de um indivíduo conhecido, o qual mudou para a cidade de Araxá recentemente vindo do Estado da Bahia. Segundo a funcionária, tal autor entrou no comércio e sacou um facão e anunciou o roubo, subtraindo cerca de R$ 250 em dinheiro, bem como um aparelho celular.

O autor não foi localizado.

Novo São Geraldo

Mulher é humilhada no local de trabalho pela atual sogra do seu ex-marido

Nesta terça-feira (2), por volta das 13h, a Polícia Militar (PM) compareceu à rua Rio Grande do Sul, bairro Novo São Geraldo, onde, segundo uma mulher de 40 anos, ela possui uma medida protetiva contra seu ex-marido e por isso ele cessou algumas ameaças que vinha fazendo contra ela, porém, a atual sogra do ex-marido, uma mulher de 60 anos, passou a ameaçá-la constantemente e a agredi-la ora em via publica, ora em seu local de trabalho.

Ela relatou que por volta das 13h sem encontrava em seu local de trabalho, quando fora surpreendida pela presença da autora de 60 anos, a qual invadiu sua área de trabalho sem permissão, passando a escandalizar e a acusá-la de estar em envolvimento com o atual marido de sua filha, ex-marido da vitima, bem como a difamava perante as outras funcionarias e proferia ameaças de morte contra sua pessoa.

Ainda não satisfeita, a autora jogou para o lado o andador que ela utilizava e partiu para agredi-la, o que não ocorreu devido à intervenção de outras pessoas, fugindo em seguida.

A agressora não foi localizada.

Notícias relacionadas