Estudantes fazem avaliações do Proeb e Prova Brasil

Estudantes fazem avaliações do Proeb e Prova Brasil

Da Redação – Neste mês de novembro, os estudantes mineiros estão concentrados em processos de avaliação. Entre os dias 21 e 25, as escolas das redes estadual e municipais vão aplicar o Programa de Avaliação da Rede Pública da Educação Básica (Proeb), do governo de Minas, para mais de 1,9 milhão de estudantes em todos os 853 municípios do Estado.

Além disso, desde o dia 7 até hoje (18), as escolas das redes públicas mineiras estão aplicando a Prova Brasil, teste que serve de base para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do governo federal. As provas não contam para as notas dos alunos no fim do ano, mas os resultados são essenciais para que os governos tenham um diagnóstico do sistema e possam, assim, fazer intervenções da forma mais efetiva possível.

“A avaliação oferece um diagnóstico do sistema. Conhecemos, por escola, os pontos fortes e as áreas onde precisamos criar estratégias para melhorar o aprendizado”, explica a secretária-adjunta de Estado de Educação, Maria Ceres Pimenta. “A partir das avaliações, os professores e nossas equipes de especialistas criam projetos e estratégias para melhorar a proficiência dos alunos. É dessa forma que temos assegurado a melhoria permanente do sistema educacional mineiro, que é um dos melhores do país de acordo com o próprio governo federal”, completa.

Criado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), o Proeb permite avaliar todo o percurso educacional do aluno, pois é aplicado sempre ao fim dos ciclos de aprendizagem. Fazem a prova todos os estudantes do 5º e 9º anos do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio. Aplicado desde o ano 2000, o Proeb testa o conhecimento dos jovens em Português e Matemática e conta com altos índices de participação.

“A participação dos alunos é muito importante, pois quanto mais estudantes fizerem a prova, mais exato é esse diagnóstico. Atualmente, pais, professores e estudantes sabem da importância da avaliação. Nos anos iniciais, por exemplo, a participação no último Proeb foi de mais de 90%”, afirma a superintendente de Avaliação Educacional, Maria Inez Barroso Simões.

As provas do Proeb são aplicadas na própria escola, sendo que os professores trocam de turmas durante a aplicação. Há um caderno para Português e outro para Matemática, cada um com 39 questões. Cada prova é aplicada em um dia e os alunos têm duas horas e meia para completar o teste. “Os testes avaliam os conhecimentos que os alunos devem ter em cada etapa do ensino”, completa Maria Inez.

Com Agência Minas

Notícias relacionadas