Super banner
Super banner

Fazenda Máfia é pentacampeã do Ruralão

Fazenda Máfia é pentacampeã do Ruralão

O Campeonato Ruralão conheceu o grande vencedor da sua 26ª edição neste domingo, 24. Em jogo realizado no Estádio Municipal Fausto Alvim, a Fazenda Máfia empatou com o Cala Boca por 1 a 1 e comemorou pela quinta vez a conquista do campeonato promovido pela Prefeitura Municipal de Araxá. Um grande público, principalmente nas arquibancadas cobertas, prestigiou a decisão. Com o título de 2017, a Fazenda Máfia torna-se a equipe com maior número de títulos conquistados na história do Ruralão.

Com a vantagem de jogar por dois resultados iguais, portanto, podendo perder por até um gol de diferença ou empatar para ser campeã, a Fazenda Máfia saiu na frente aos 43 minutos do primeiro tempo. Guilherme arriscou o chute de fora da área, o goleiro Juarez fez a defesa parcial e a bola caiu nos pés de Juninho Valeriano. De frente para o gol e dentro da área, o jogador finalizou na rede inaugurando o placar. De tanto insistir, o Cala Boca fez o gol de empate aos 34 minutos do segundo tempo. Na falta batida pelo zagueiro Wesley, a bola tocou na trave e, no rebote, Antônio não desperdiçou e decretou a igualdade no marcador.

Ninguém conseguiu marcar mais gols no confronto e a Fazenda Máfia foi a campeã do Ruralão 2017. A conquista representou o terceiro título consecutivo (2015-2016-2017) e o pentacampeonato do Ruralão, tornando-se a maior vencedora de todas as edições com cinco troféus conquistados. “Estamos com a consciência tranquila que fizemos de tudo para dar todas as condições a todas as equipes participantes. Parabéns aos finalistas que jogaram uma decisão de alto nível aqui no Estádio Fausto Alvim”, destacou o secretário de Esportes, Adolfo Maurício da Silva.

“Temos que investir na cidade, investir no esporte e em todas as situações sadias que podem fazer com que a população se manifeste nesse clima de alegria e união. Não é investimento, estamos fazendo realmente um agradecimento ao sucesso desse Ruralão. A Prefeitura se sente muito satisfeita e estará no próximo ano ao lado dessa competição para que esse campeonato tenha um sucesso ainda maior”, ressaltou o prefeito Aracely de Paula.

 

Fazenda Máfia 1×1 Cala Boca

Fazenda Máfia: Fabinho; Luquinha (Costelinha), Dalvan, Gerson e Guilherme (Bruno Guarda Chuva); Queijinho, Thiago Badete (Júlio), Marcelo Tormin e Juninho Valeriano (Gabriel Pequeno); Thiago Parreira (Alvin) e Beto Moura (Bruno Melecão). Treinador: Fernando Guimarães

Cala Boca: Juarez; Rodrigo (Nelsinho), Wesley, Joãozinho e Thiago Modelo (Luís Paulo); Iago (Antônio), Falcão (Jeanzinho), Davi Pirata e Marquinhos (Luís Fernando); Alan Paulista (Léo Pontes) e Alan Capela. Treinador: Ramon

 

Arbitragem: João Mariano de Andrade, auxiliado por Washington César e Vicente dos Reis. Quarto árbitro: Nivaldo de Souza


Premiação

1° colocado – Fazenda Máfia (troféu + medalhas + R$ 3.000,00)

2° colocado – Cala Boca (troféu + medalhas + R$ 1.600,00)

3° colocado – Fazenda Córrego da Mata (troféu + medalhas + R$ 800,00)

Artilheiro – Wellington Grilo (Fazenda Campos) (troféu + R$ R$ 400,00)

Goleiro menos vazado – Fabinho (Fazenda Máfia) (troféu + R$ 400,00)

Troféu Disciplina – Fazenda Máfia

 

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *