Super banner
Super banner

Férias escolares colaboram para novos recordes da internet brasileira

Férias escolares colaboram para novos recordes da internet brasileira

Em julho deste ano, 23,7 milhões de pessoas usaram a internet residencial, segundo o Ibope/NetRatings, número 3,5% superior ao apurado em junho de 2008 e 28% maior que os 18,5 milhões divulgados em julho de 2007. Este é o número mais representativo já observado desde o início da pesquisa, em setembro de 2000. A quantidade de pessoas com acesso residencial à internet, dado que é trimestral, continuou a indicar que 35,5 milhões de pessoas podem acessar a rede mundial de computadores a partir de seus lares.

Com 24 horas e 54 minutos por pessoa, 1 hora e 42 minutos mais do que o tempo de junho e maior patamar já alcançado no país desde o início da pesquisa, o brasileiro continuou a ser o internauta residencial que mais navegou, se comparado com os outros nove países medidos com a mesma metodologia: além de nosso país, Estados Unidos, Austrália, Japão, França, Alemanha, Itália, Suíça, Espanha e Reino Unido.

“Tradicionalmente, o mês de julho, por ser férias escolares e por ser a internet a principal atividade dos jovens estudantes, mostra crescimento no tempo de consumo desta mídia”, comenta Alexandre Sanches Magalhães, gerente de análise do Ibope/NetRatings. “A relação que o usuário mais jovem tem com a internet é de paixão extrema, ao contrário das gerações que nasceram sem a web”, complementa o executivo.

Os países que mais se aproximaram do tempo residencial médio do internauta brasileiro foram a Alemanha (21h06min), os Estados Unidos (20h50min), a França (20h17min) e o Japão (19h21min).

As categorias com melhor desempenho por número de usuários residenciais em julho, comparando com junho de 2008, foram: “Informações Corporativas”, com crescimento de 16,5%, atingindo 9,1 milhões de internautas, “Finanças, Seguros e Investimentos”, que cresceu 5,9% e recebeu 9,7 milhões de visitantes únicos, “Automotivo”, com 5,6% de aumento no número de usuários e com visitas de 3,8 milhões de pessoas, “Computadores e Eletrônicos”, que cresceu 5,4% em número de usuários, atingindo 18,8 milhões de brasileiros, além de “Entretenimento”, cujo crescimento no período atingiu 4,5%, recebendo a visita de 19,4 milhões de brasileiros.

Já no período de um ano, enquanto a internet residencial ativa cresceu 28% em número de usuários, algumas categorias demonstraram melhores resultados: “Viagens e Turismo” (56,4%), “Informações Corporativas” (42,2%), “Automotivo” (36%), “Notícias e Informações” (35,2%) e “Computadores e Eletrônicos” (34,2%).

Os dados relativos ao primeiro trimestre de 2008 do Global Internet Trends – GNetT continuam indicando que 41,565 milhões de pessoas com 16 anos ou mais declararam ter acesso à internet em qualquer ambiente (casa, trabalho, escola, cybercafés, bibliotecas e outros locais).

Notícias relacionadas