Fernando Augusto sonha conquistar o mercado internacional jogando na Macedônia

Fernando Augusto sonha conquistar o mercado internacional jogando na Macedônia

Ele começou a carreira no Araxá Esporte, onde chamou a atenção e foi contratado pelo Corinthians. Do time paulista, Fernando Augusto passou pelo futebol mineiro, baiano e agora está no futebol do exterior. O araxaense foi contratado pelo FK Pelister, da Liga da Macedônia. Aos 23 anos, completados hoje (25), Fernando Augusto vê a oportunidade como uma forma de ganhar espaço no mercado internacional.

Confira a entrevista

Como surgiu a oportunidade de jogar fora?

Um empresário tinha entrado em contato comigo, no início do ano, depois de assistir meu DVD no YouTube . Ele queria me trazer para a Bulgária, mas na ocasião eu estava na Juazeirense disputando o campeonato Baiano e a Copa do Nordeste. Preferi ficar no Brasil. Quando terminaram os campeonatos estaduais, esse mesmo empresário entrou em contato comigo e eu aceitei de imediato.

Como está a adaptação?

Estou me adaptando bem e fui muito bem recebido. Nas primeiras semanas tive muita dificuldade para dormir e comunicar. A língua na macedônia é muito difícil, mas aprendi muitas palavras do macedônio e do inglês e já consigo me comunicar bastante.

Quais as principais diferenças com o Brasil?

Tanto em Bitola, cidade do clube, quanto em Bansko, na Bulgária, onde estamos fazendo a pré-temporada, as cidades são muito tranquilas, diferente do Brasil. Eu diria ser essa uma das maiores diferenças, além da educação e respeito das pessoas daqui.

Como é a estrutura do clube e o futebol no país?

O clube não tem um centro de treinamento. Nós treinamos no estádio, que é excelente, com um gramado impecável. Tem uma academia ótima, ao lado do estádio, e outro campo para treinamentos. O clube conta com três fisioterapeutas, três roupeiros e oferece todas as condições necessárias para trabalharmos.

O que mais sente falta no Brasil?

O que estou sentindo mais falta é da família e amigos. Também sinto falta de um pouco da agitação do Brasil, e, sem dúvida, de comer feijão (risos), que aqui infelizmente não tem.

Já tem planos ao término do contrato?

A intenção é fazer bons campeonatos aqui e conseguir abrir portas em times de expressão dos países vizinhos, que têm o futebol mais valorizado, como Turquia, Rússia e Grécia. Agora é focar no trabalho e esperar o que Deus está preparando para um futuro próximo. O campeão da nossa liga conquista vaga nas eliminatórias para a Champions League, são dois adversários para chegar à fase dos grupos. Garantem vaga na UEFA League os times da segunda à quarta colocação.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: