Festival Saberes e Sabores de Araxá de 23 a 25 de setembro

Festival Saberes e Sabores de Araxá de 23 a 25 de setembro
Foto: Eduardo Avelar, curador do festival - Divulgação

O livro

“Saberes e Sabores de Araxá” narra períodos da história de Araxá e da sua gastronomia. De autoria de Armando de Angelis, sob a revisão histórica de Glaura Teixeira Nogueira Lima e Robert Mori, o livro contempla o leitor com releituras do chef Eduardo Avelar de algumas receitas culinárias de épocas, reprodução de receitas tradicionais que fazem parte da vida cotidiana de Araxá, dicas para entender alguns termos utilizados na arte de cozinhar, como fazer (ou cozinhar) melhor e como usar ervas, especiarias e condimentos nos seus pratos.

Das Minas às Gerais

De geração em geração, velhos e surrados cadernos passam de mão em mão, mantendo vivas e gostosas as mais fortes raízes da gastronomia mineira. Sem dúvida alguma, a velha e boa comida mineira tem em Araxá a sua melhor porção.

Ao contrário do que muitos imaginam, não é só nas Minas que a gente se farta com os maravilhosos sabores da comida mineira. Muito além das Minas, existem as Gerais de tantos sabores inigualáveis, de tantos temperos deliciosos, de tanta fartura no prato e daquele gostinho de “quero mais”. Mineiramente, fazendo bem feito, respeitando suas tradições e, às vezes, ousando na criatividade, Araxá desenvolveu e perpetuou sua fama na excelência de seus pratos e na sua incontestável boa mesa. Por essas e outras, acabou sendo reconhecida como uma espécie de capital dos saberes e sabores da Comida Mineira do Grande Sertão das Gerais.

A história da gastronomia de Araxá das Gerais é tão antiga e importante quanto à do Ciclo do Ouro nas Minas. Para muitos, a simplicidade e o sabor característicos da comida mineira são resultados do encontro das diferentes etnias e culturas que souberam adaptar seus costumes alimentares com os recursos disponíveis para se comer bem. Tanto nas montanhas de tantas minas, quanto nos campos de altitude e no cerrado do sertão, foram desenvolvidos e adaptados ao gosto regional os pratos típicos, que fizeram a fama da comida mineira. Variados tipos de linguiça, o tutu, o feijão tropeiro e o torresmo, o frango com quiabo, a costelinha com ora-pro-nobis, o angu e a couve, o queijo, a pamonha, os doces, os bolos, as broas, os pães de queijo e tantos outros pratos tradicionais provenientes do fundo de quintal e das inúmeras e extensas fazendas.

Dos índios que habitavam o antigo Sertão da Farinha Podre (atual Triângulo Mineiro e parte do Alto Paranaíba), dos negros, dos bandeirantes, dos tropeiros e mascates, dos fazendeiros, dos imigrantes, dos primeiros turistas, dos cozinheiros do Grande Hotel, das cozinheiras caseiras, dos cozinheiros de fins de semana e, por fim, das atividades promovidas pelo Festival Internacional de Cultura e Gastronomia de Araxá, de cada um, Araxá soube aproveitar muito bem os seus saberes e sabores, para construir uma gastronomia de “terroir” ímpar.

Para adquirir um exemplar, acesse o site http://livro.saberesesaboresdearaxa.com.br/ ou curta a nossa página no facebook – @saberesesaboresdearaxa – e nos mande uma mensagem inbox.

O festival

Criatividade, arte e os prazeres de uma boa mesa: misture todos os ingredientes, junte uma pitada de amor e diversão e o resultado será o Festival Saberes e Sabores, que acontece em Araxá, entre os dias 23 e 25 de setembro.

O “Saberes e Sabores de Araxá” é baseado no livro e terá como eixo central a valorização da cultura e da gastronomia regional. “Preservar conhecimentos, identificar as formas de expressão da gastronomia de Araxá, bem como os principais ingredientes utilizados, modos de fazer, saberes e oportunidades de negócios que a envolvem é a temática abordada no livro. Com o Festival, temos a oportunidade de fazer esse conhecimento chegar a um maior número de pessoas”, diz de Angelis. O Festival terá a curadoria gastronômica do chef Eduardo Avelar.

Durante três dias, o festival Saberes e Sabores de Araxá promoverá diversas atividades nas áreas das artes visuais, cênicas, literárias, musicais e culinárias, além de feira de artesanato e produtos regionais. O público vai contar com exposição fotográfica de imagens artísticas de Araxá, apresentação de espetáculos de dança e circo, exposição de livros sobre Araxá, com cessões de autógrafos e debates, espetáculos de música instrumental – jazz, blues, rock, choro e MPB, restaurantes com seus pratos típicos – regionais, nacionais e internacionais e Wine Bar e Beer Bar, com espaço de vendas de produtos e degustações. Não vão faltar degustações de cervejas, vinhos, cachaça e queijos, tudo isso regado a muita música e diversão.

 Serviço

Saberes e Sabores de Araxá – o Festival

Data: 23 a 25 de setembro de 2016

Local: Lago Norte do Barreiro – Araxá/MG

Informações: Mariana Salazar – [email protected] – (31) 99131-7347

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: