Fisioterapeuta formada no Uniaraxá é voluntária nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

Fisioterapeuta formada no Uniaraxá é voluntária nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

Karolinne de Lourdes Zinato Lourenço, fisioterapeuta graduada em 2013 pelo Uniaraxá, é uma das profissionais da saúde que trabalhou voluntariamente nos Jogos Olímpicos e vai trabalhar nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Entre milhares de inscritos, Karol, como é conhecida, foi selecionada para participar do Programa de Voluntários Rio 2016, como fisioterapeuta, e fez parte do maior evento esportivo do mundo.

Karol explica que foi convocada para ser fisioterapeuta do Corpo Médico que atendeu o Ciclismo BMX e Ciclismo Mountain Bike e atuou no Parque Radical de Deodoro durante os treinamentos e as competições.

Ela explica o sentimento de representar seu país, exercendo a sua profissão, durante o evento. “Só quem participou sabe como foi, nem mesmo quem foi para assistir as competições, teve a experiência de quem foi pra trabalhar. Foi fantástico! Além do networking que fazemos, convivendo com médicos e fisioterapeutas de outros países”, afirma. Ela destaca ainda as críticas que as pessoas fizeram, desacreditando na capacidade do país de promover o evento. “É muito válido e precisamos aproveitar essa oportunidade no país”, afirma.

Karol destaca ainda que o Uniaraxá é o grande responsável pelo seu empenho profissional. “Sempre participei de eventos da Instituição e, com isto, a prática do trabalho em equipe me ajudou a desenvolver um bom trabalho nos Jogos Olímpicos. Agradeço a todos meus professores, supervisores e coordenadores do curso de Fisioterapia pela confiança que depositaram em mim. Tenho o maior orgulho de ter sido aluna do Uniaraxá”, comenta.

Durante sua vida acadêmica, a fisioterapeuta procurou aprimorar seus conhecimentos para uma formação diferenciada, participando efetivamente das atividades do curso, além de desenvolver pesquisas por meio de projetos que direcionavam em resultados para a Fisioterapia. Inclusive, com publicação de seus projetos de pesquisa, em revistas internacionais.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: