Fisioterapia e a evolução da saúde

Fisioterapia e a evolução da saúde

SÉRIE ESPECIAL – ESCOLHA A SUA PROFISSÃO

O curso de Fisioterapia é uma excelente opção para quem se interessa pela área da saúde. Visa formar profissionais capacitados para trabalhar nas disfunções cinético funcionais do indivíduo, tanto na prevenção quanto na reabilitação. Está comprometido com questões relacionadas à política de saúde e à busca de novas técnicas de aplicação para diversos tipos de tratamento, através do incentivo a pesquisa.

O profissional de Fisioterapia deve ter capacidade de elaborar o diagnóstico fisioterapêutico, interpretar laudos e exames, prescrever as técnicas de tratamento fisioterapêuticas adequadas a cada caso, reavaliar sistematicamente e decidir pela alta do paciente, emitir laudos, pareceres, atestados e relatórios.

Compete também ao fisioterapeuta trabalhar junto a equipes de saúde, a fim de inter-relacionar conhecimentos de diferentes áreas para assistir o indivíduo como um todo. É uma profissão humanista; portanto, é necessário que este profissional saiba comunicar-se adequadamente com o paciente e seus familiares e ser sensível ao sofrimento humano.

O fisioterapeuta pode atuar em hospitais, clínicas, academias, centros de reabilitação, casas de repouso, clubes e ainda a domicílio, atendendo a pacientes com dificuldades de locomoção e produzindo qualidade de vida. São extensas as oportunidades de trabalho, principalmente, pela necessidade do Fisioterapeuta nas equipes multidisciplinares da área da saúde.

O Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá) oferece 60 vagas para candidatos ao curso de Fisioterapia no vestibular de julho e as inscrições já estão abertas. O bacharelado é concluído em oito semestres e o estágio pode ser feito na própria Instituição, que mantém uma moderna clínica, a mais bem equipada de toda a região, onde são organizadas diversas atividades didáticas para ajudar os alunos a compreenderem as áreas específicas do conteúdo ministrado no curso.

Com a mão na massa

Na Clínica de Fisioterapia do Uniaraxá, os alunos aprendem fazendo. Eles contam com uma estrutura ampla, com laboratórios de anatomia, cinesiologia e cinesioterapia e ambientes separados para cada setor (cardiopulmonar, pediatria, ortopedia, neurologia, hidroterapia), além dos projetos integrados dos alunos e professores do curso. Estudantes de Fisioterapia desenvolvem estágio também em outras entidades, como Casa do Caminho, Asilo São Vicente de Paula, Programa Saúde da Família (PSF), academias, empresas e atendimento domiciliar.

“O mercado de trabalho para o fisioterapeuta se torna cada vez mais amplo, com oportunidades em todas as áreas da profissão. Há pouco tempo não havia inserção deste profissional no mercado de trabalho, mas hoje o campo de atuação é muito vasto, com uma demanda de atendimento muito grade, principalmente na área da reabilitação. O reconhecimento da profissão está acontecendo rapidamente e cresce mais a cada dia”, avalia o diretor adjunto da Clínica de Fisioterapia do Uniaraxá, professor Marcelo Alves Barboza, especialista em Neurologia e mestrando em Promoção da Saúde.

Marcelo lembra que o mercado está sempre carente de bons profissionais, com uma boa formação acadêmica. Segundo ele, o curso de Fisioterapia do UniaraxáUNIARAXÁ conta com professores altamente capacitados e serviços de ponta, situando-se entre os melhores do Estado de Minas Gerais.

O diretor da clínica, professor e mestre Fabrício Borges Oliveira, diz que a sociedade reconhece e acredita na qualidade do trabalho prestado pela Clínica de Fisioterapia, que atualmente atende um número médio de 120 pacientes por dia, atingindo, desde sua inauguração, 38.380 atendimentos em quatro áreas de especialidades. O professor promove sistematicamente cursos e palestras de atualização acadêmica e profissional na área da Fisioterapia, para ampliar a capacitação dos estudantes.

Despontando

A sócia da Fisiocenter em Araxá, Ana Paula de Resende Couto, queria cursar Medicina mas depois de algumas tentativas optou pelo curso de Fisioterapia do Uniaraxá. Ela formou-se na primeira turma, em 2007, e em fevereiro de 2008 já estava atuando na área. Após concluir o curso, especializou-se em Uroginecologia e Obstetrícia na Faculdade de Ciências Médicas, em Belo Horizonte.

O ingresso no mercado de trabalho e o sucesso na profissão dependem, segundo Ana Paula, de muita dedicação, paciência e gosto por este ofício. “A Medicina evolui rapidamente, então é preciso estudar sempre, aperfeiçoar os conhecimentos”, diz. Ela afirma que sempre participou de congressos, simpósios, projetos de extensão, pesquisas e procura ler publicações da área. Até apresentou um trabalho internacional, sempre com apoio dos professores.

A fisioterapeuta conta que utilizou o treinamento na clínica do Uniaraxá somente no último semestre, já no final do curso, quando foi construída, e que os alunos hoje têm chances muito melhores de aprender com a prática. “O curso de Fisioterapia trouxe mais saúde para a nossa cidade e para a região. O aluno do Uniaraxá recebe aprendizagem e treinamento de excelente qualidade e tem tudo para se despontar nesta profissão. Eu recomendo!”, destaca Ana Paula.

Notícias relacionadas