Galo não decepciona e vence o Araxá de virada

Galo não decepciona e vence o Araxá de virada

A torcida, que lotou o Fausto Alvim, pôde ver a vitória do Atlético-MG de virada em cima do Araxá, na noite de hoje (20). A equipe do treinador Wanderley Luxemburgo não fez um bom 1° tempo e teve dificuldade para se livrar da forte marcação do Alvinegro de Araxá. O Galo só conseguiu o empate e a virada em lances de bola parada e pouco criou com a bola nos pés.

Num primeiro tempo de muita pegada, o Araxá saiu na frente com Rogério Sá cobrando pênalti cometido pelo zagueiro Werley, que tocou com a mão na bola. Ele cobrou no canto esquerdo de Aranha, sem chances para o goleiro que caiu para o outro lado.

O Galo tentava criar situações de gol, mas esbarrava na marcação de Cafu, Augusto Toda e Patrick, que estavam em todas as divididas. Num desses lances, Ricardinho se estranhou inicialmente com Augusto Toda, que reclamou de uma cotovelada, e na sequência com Rogério Sá, mas o árbitro mandou seguir.

As jogadas de bola parada estavam complicando a defesa do Araxá e foi assim que o Galo empatou para delírio da maioria dos cerca de 7,5 mil torcedores que lotaram o estádio. Ricardinho cobrou falta com veneno e Diego Tardelli completou para o fundo do gol, aos 37.

Com Luxemburgo aproveitando todos os reservas no 2° tempo e os jogadores do Araxá sentindo o cansaço, não foi difícil a virada no placar. Mais uma vez, em bolada parada, o Atlético chegou ao gol. Coelho soltou uma paulada, cobrando falta pela direita, e Paulo Cesar só olhou a bola morrer nas redes, aos 13 minutos do 2° tempo.

O terceiro gol foi marcado por Júnior aproveitando cruzamento de Renan Oliveira pela direita. A zaga bobeou e o pentacampeão apareceu livre no meio da área e fez de cabeça, aos 24.

A estreia do Atlético no Campeonato Mineiro será neste domingo contra o América, às 16h, no Mineirão; já o Araxá tem o Mamoré pela frente em sua primeira partida do Módulo II, no dia 6 de fevereiro.

Ficha técnica

Araxá: Paulo César, Paulinho, Derlan, Max e Rafael Lemos (Thiago Humberto); Cafu, Augusto Toda (Rafael Oliveira), Patrick e Ferreira (Malaia); Rogério Sá (Bruno César) e Vinícius (Éder Deleon).

Atlético-MG: Aranha (Carini); Coelho (Marcos Rocha), Werley (Samuel), Jairo Campos (Benítez) e Leandro (Wellington Saci); Jonílson (Fabiano), Correa (Carlos Alberto), Ricardinho (Júnior) e Evandro (Renan Oliveira); Muriqui (Pedro Paulo) e Diego Tardelli (Marques).

Gols: Rogério Sá, aos 3 minutos do 1° tempo, Diego Tardelli, aos 37; Coelho, aos 13 minutos do 2º tempo, e Júnior, aos 24.

Árbitro: Amilton Marcos Moreira.

Auxiliares: Noel Pereira França e Elvécio Gomes.

Notícias relacionadas