Ganso perde em Patos de Minas

Ganso perde em Patos de Minas

O Araxá estreou com derrota, por 1 a 0, no Campeonato Mineiro do Módulo II, na tarde de hoje (6), em Patos de Minas, contra o Mamoré. A partida foi realizada no novo estádio do Sapão, Bernardo Rubinger de Queiroz. O Ganso ainda teve um jogador expulso no primeiro tempo e um pênalti perdido na segunda etapa.

No próximo sábado (13), o Alvinegro tenta a reabilitação contra o Poços de Caldas no Fausto Alvim, caso o estádio seja liberado pela Federação Mineira de Futebol.

â–º Classificação e jogos da Chave A

â–º Classificação jogos da Chave B

Mamoré faz 1 a 0 e Ganso tem um expulso

Quem teve a primeira chance de sair na frente foi o Araxá. Após cobrança de escanteio de Ewerton, Ratinho perdeu, já sem goleiro, aos sete minutos. O Mamoré aproveitou uma bobeada da defensiva alvinegra, o atacante Gilmar não desperdiçou e fez 1 a 0, aos 12 minutos.

A situação do Araxá piorou quando Rafael Lemos foi expulso, de forma injusta, pelo árbitro Antônio Márcio Teixeira, aos 25 minutos, por receber o segundo cartão amarelo. O treinador Érick Moura foi obrigado a sacar o atacante Ratinho para recompor a zaga com a entrada do lateral Carioca. 

Com o placar a seu favor, o Mamoré preferiu recuar, mas o Ganso teve chances de chegar ao ataque, só que não conseguiu o empate.

Ganso perde pênalti e o jogo

Para dar um fôlego a mais no meio-campo, o Mamoré voltou dos vestiários com Wander, que defendeu o Araxá no ano passado, no lugar de Roni. A mudança não alterou a criatividade da equipe de Patos de Minas que seguiu tendo dificuldade em chegar ao gol alvinegro.

O Araxá teve a chance de empatar com uma cobrança de pênalti, aos 12 minutos. O camisa 10, Ewerton foi para a cobrança, mas bateu mal, no meio do gol, e Denílson fez a defesa.

Com o goleiro Paulo César sendo um mero espectador na segunda etapa, o Sapão se segurou e saiu com os três pontos na estreia.

Ficha técnica

Mamoré: Denílson; Juninho Lopes, Josimar, Guilherme e Rafael; Rudson, Wallace (Reinaldo Capela), Geovani e Roni (Evandro); Saulo e Gilmar (Carioca).
Treinador: Adenilton Soares

Araxá: Paulo César; Paulinho, Derlan, Max e Rafael Lemos Cafu, Patrick, Ferreira e Ewerton (Eder Deleon); Ratinho (Carioca); e Vinicius (Josimar).
Treinador: Érick Moura

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira.
Auxiliares: Valdeci Angelo da Silva e Vivaldi Pedro Baeta.

Gol: Gilmar, aos 12 minutos.

Notícias relacionadas