Super banner
Super banner

Ganso perde pênalti e só consegue empate com gol aos 45 do 2º tempo

Ganso perde pênalti e só consegue empate com gol aos 45 do 2º tempo

O Araxá recebeu o líder do Campeonato Mineiro do Módulo II, até então, na noite de hoje (15), no Fausto Alvim, e, mesmo saindo na frente e tendo um pênalti perdido por Evandro, cedeu a virada e só empatou com o gol de Kaik, aos 45 do 2º tempo. Com o resultado, o Araxá sobe temporariamente da 8ª para a 7ª posição, já o Ipatinga perde a liderança para a Caldense. Na próxima rodada, o Ganso encara a URT em Patos de Minas e o Tigre tem o Formiga pela frente.

Classificação do Módulo II

Tabela de jogos do Módulo II

Rodriguinho faz e Evandro perde pênalti

O atacante Rodriguinho ganhou a condição de titular no lugar de Paulão na partida e deu mais agilidade no ataque alvinegro. Foi dele também o gol que inaugurou o marcador. Aos 18 minutos, o zagueiro Mateus falhou, a bola sobrou para Rodriguinho, que deixou Patrick na saudade e bateu cruzado sem chances para Bruno.

O Ipatinga ficou perto do empate aos 32. O rápido Amílton passou por Ismair e obrigou o goleiro Cláudio a fazer duas boas defesas consecutivas.

Melhor na partida, o Araxá conseguia tocar a bola no campo de ataque e teve um pênalti a seu favor. Aos 40 minutos, o zagueiro Matheus falhou mais uma vez ao tentar cortar, Wander ganhou a frente e foi derrubado na área. O meia Evandro foi para a cobrança, fez a paradinha, e, com o goleiro já batido, tocou rasteiro raspando na trave.

Logo aos 47, Marcelo Moscatelli empatou, mas o auxiliar Helbert Costa Andrade já marcava impedimento. Quando o árbitro Elmivan Alves Andrade apitou o fim do primeiro tempo, todos os jogadores do Ipatinga e membros da diretoria foram para cima dele para fazer pressão.

Ipatinga vira e Kaik empata

Com uma atitude diferente em campo, o Ipatinga voltou para a segunda etapa mais ligado na partida. Já Lucas Lima e Wander estavam desligados quando poderiam ligar um contra-ataque, mas um deixou a bola para o outro e foi o Tigre que foi bem ao ataque. Na sequência do lance, Müller ganhou da zaga, tentou de bicicleta e Cláudio fez ótima defesa.

Não demorou e o Ipatinga empatou. Aos 10 minutos, Patrick completou escanteio de cabeça para o fundo do gol. O Araxá sentiu a patada do Tigre e só não tomou mais um logo em seguida por sorte, foram duas bolas na trave.

O lateral-direito Cláudio fez filinha na defensiva alvinegra e passou para Leandro Brasília acertar a trave, aos 13 minutos. O segundo susto veio com Marcelo Moscatelli, ele fez ótima jogada individual e bateu colocado buscando o ângulo direito de Cláudio, mas a bola foi na trave.

A pressão dos visitantes permaneceu, e aos 26, Cláudio cresceu para cima de Amílton, que recebeu passe açucarado, bateu cruzado e o goleiro alvinegro cai no canto esquerdo para a grande defesa.

De tanto tentar e criar o Ipatinga virou a partida num erro de Cláudio Mineiro. O jogador, que tinha acabado de entrar no lugar de Baiano, tentou sair jogando e perdeu a bola. Marcelo Moscatelli rolou para Luiz Fernando bater de primeira no canto esquerdo, sem chances para Cláudio, aos 38 minutos.

Tudo parecia se encaminhar para mais uma derrota alvinegra, mas o treinador Roberto Gaúcho colocou Kaik no lugar de Adeílson e o atacante foi autor do gol de empate. Aos 15 minutos, Evandro deu um chutão para frente, a zaga do Ipatinga ficou olhando e Kaik foi esperto para bater rasteiro no canto esquerdo. Fim de jogo, Araxá 2, Ipatinga também 2.

Ficha técnica

Araxá: Cláudio; Lucas Lima, Rafael, Bill e Baiano (Cláudio Mineiro); Ismair, Adeílson (Kaik), Evandro e Wander; Rodriguinho e Fabiano (Paulão).
Treinador: Roberto Gaúcho.

Ipatinga: Bruno; Cláudio, Patrick, Mateus e Gustavo Goiano; Caetano, Tallys, Leandro Brasília (Bruno) e Marcelo Moscatelli (Alexandre Luz); Müller (Luiz Fernando) e Amílton.
Treinador: Marcelo Oliveira.

Arbitragem: Elmivan Alves Andrade.
Auxiliares: Helbert Costa Andrade e Marconi Helbert Vieira.

Gols: Rodriguinho, aos 18 do 1° tempo; Patrick, aos 10 do 2° tempo; Luiz Fernando, aos 38, e Kaik, aos 45.

Cartões amarelos: Lucas Lima e Cláudio Mineiro (Araxá); Leandro Brasília e Müller (Ipatinga).

Público pagante: 292 pessoas.
Renda: R$ 2.030.

Notícias relacionadas