GEF arranca empate e desclassifica o rival

GEF arranca empate e desclassifica o rival

Da Redação/Raphael Rios – Última rodada da segunda fase de muita emoção nos gramados do Campeonato Amador de Araxá. Na AEF, o GEF conseguiu empatar e desclassificar o rival Tigrão, com quem disputou neste ano as finais do Torneio Nilo Lucchesi e da Copa Cidade, vencendo as duas.

Até por isso, nervos à flor da pele na partida que teve seis gols, quatro expulsões e lances de muita discussão com a arbitragem. Como só a vitória interessava para o Tigrão, o empate em 3 a 3 colocou um ponto final na esperança da equipe disputar o quadrangular final contra o próprio GEF, além de CIT, Vila Nova e Olympique, que venceram seus jogos na manhã de hoje (7) e vão jogar as partidas da próxima fase no Estádio Municipal Fausto Alvim.

Tigrão abre vantagem, mas tem Cristiano expulso

O GEF não foi com força máxima para o campo e sentiu a falta de alguns jogadores importantes como Lucas Ribite, Emerson, Timinho e o goleiro Robert.

Com a equipe tendo dificuldades para se acertar em campo, o Tigrão aproveitou e fez dois gols em 10 minutos. O primeiro, aos 14, com Elvinho aproveitando cruzamento de Dedé no segundo pau e fazendo de cabeça.

Já, aos 24 minutos, foi a vez de Digão receber bom passe de Serginho, driblar Fred e chutar no ângulo de Rodrigo. Logo após o gol que dava tranquilidade ao Tigrão, o auxiliar Anésio Rubens viu um tapa de Cristiano em Ostinho e João Mariano (Bozó) expulsou o lateral-esquerdo.

A vantagem de um jogador a mais em campo deu mais ânimo a mais para o GEF, que teve chances de diminuir, mas parou nas defesas de Ednei.

Mais expulsões, empate do GEF e adeus do Tigrão

Ainda 100% na segunda fase, o GEF voltou disposto a virar a partida e conseguiu um gol bem no início. Aos 4 minutos, Marcos Jr. cobrou falta batendo de três dedos, a barreira abriu e Ednei não conseguiu evitar que a bola entrasse.</p>

Os jogadores do GEF ainda comemoravam quando, no minuto seguinte, o árbitro marcou pênalti cometido por Fred, que teria cortado chute de Elvinho com a mão. Dedé foi para a cobrança e colocou o Tigrão mais uma vez com dois gols de vantagem no placar.

Mesmo o jogo não tendo o mesmo valor para o GEF, já classificado, quanto tinha para o Tigrão, a equipe Alviverde mostrou raça e correu atrás do prejuízo. Aos 29, Roberto achou Ostinho livre na área e o atacante tocou de calcanhar para diminuir. Apenas quatro minutos mais tarde, Gerson perdeu na dividida com Roberto, a bola foi alçada na área e Malaia escorou para Rafael Bundinha empatar a partida em 3 a 3.

Depois do gol, Hugo e Anselmo foram expulsos pelo lado do Tigrão e Ostinho também recebeu o vermelho e foi mais cedo para o chuveiro. Apesar de inúmeras paralisações, o árbitro encerrou o jogo aos 47 minutos.

Na primeira rodada do quadrangular final o GEF encara Olympique e o CIT pega o Vila Nova.

Ficha técnica

GEF: Rodrigo, Jean Carlos (Fred), Dudu, Italo e Jean Dener; Rafael Bundinha, Marcos Jr., Ostinho e Malaia (Emerson); Alex Rodrigues e Roberto. 
Treinador: Caixeta.

Tigrão: Ednei, Zé Renato, Hugo, Anselmo e Cristiano; Gerson, Alan, Dedé e Digão (Cleisinho); Serginho (Juninho) e Elvinho (Fabianinho).
Treinador: Tibiriçá.

Árbitro: João Mariano (Bozó).

Auxiliares: Anésio Rubens e Eliete Flávia.

Gols no 1º tempo: Elvinho, aos 14 minutos e Digão, aos 24.

Gols no 2º tempo: Marcos Jr., aos 4 minutos, Dedé, aos 6, Ostinho, aos 29, e Rafael Bundinha, aos 33.

Cartões amarelos: Ednei, Gerson e Dedé (Tigrão); Jean Carlos, Fred e Dudu.

Cartões vermelhos: Ostinho (GEF) e Anselmo, Cristiano e Hugo (Tigrão).

â–º Classificação da 2ª fase

â–º Tabela de jogos da 2ª fase

Notícias relacionadas