Gol de pênalti garante a vitória do Olympique

Gol de pênalti garante a vitória do Olympique

Olympique e Vila Bova não fizeram um bom jogo na manhã de hoje (18), no campo da Associação dos Funcionários da Bunge (AFB), pela 11ª rodada do Campeonato Amador. Com poucas chances de gol, a partida terminou em 1 a 0 para a equipe de Tapira. O gol saiu em cobrança de pênalti convertido por Ricleber.

Pouca criatividade

As duas equipes começaram a partida sonolentas e pouco criaram. Com Foguinho e Ariterlan responsáveis pelas armações de Vila e Olympique, apagados, só nas bolas paradas que os times conseguiram chegar.

Aos 21, Germano cobrou falta por cima da barreira, Dida caiu estranho para fazer a defesa e deu rebote, mas Thiago Piriá não conseguiu chegar. A resposta do time de Tapira também foi de falta. Em cobrança ensaiada, Cafu cobrou curto para Barroso, que chutou de primeira e a zaga se virou para tirar, com o goleiro Waguinho já batido no lance.

Quem chegou mais perto do gol no primeiro tempo foi o Vila. Aos 38, Thiago Piriá cruzou na área, Harlem ganhou da defensiva e, sozinho, deu a cabeçada para fora.

 

Um pênalti marcado e outro perdido

Com 9 minutos do 2° tempo, o Olympique conseguiu um pênalti marcado por Renê em cima de Robinho. Ricleber foi para a cobrança e deslocou Waguinho para fazer 1 a 0 Olympique.

Depois do gol o Vila partiu desorganizado para o ataque tentando buscar o empate, mas sem muito perigo. A chance de igualar a contagem veio também com um pênalti. Saulo, que havia acabado de entrar no lugar de Dudu, chutou de fora da área e a bola bateu no braço de Cafu, aos 31 minutos.

O artilheiro Arthur cobrou mal, à meia altura no canto direito de Dida, e o goleiro fez a defesa. Com isso, o Olympique que já não estava muito afim de jogo esfriou a partida com paralisações e atendimentos a Dida, reclamando de contusão na virilha, e saiu com a vitória.

Ficha técnica

Olympique: Dida, Bazé, Joãozinho, Luciano e Eduardo; Barroso (Sargento), Cafu, Fofão (Alex) e Ariterlan; Robinho (Juninho) e Ricleber.
Treinador: Guti.

Vila Nova: Waguinho, Germano, Dudu (Saulo), Cassiano e Thiago Piriá; Renê, Fernandinho França, Dalmer e Foguinho; Harlem e Arthur.
Treinador: Marcão.

Árbitro: Nivaldo de Souza.

Auxiliares: João Mariano de Andrade (Bozó) e Mário Lúcio dos Santos.

Gol: Ricleber, aos 9 minutos do 2° tempo.

Cartões amarelos: Dida e Sargento (Olympique); Germano e Renê (Vila Nova).

â–º Classificação

â–º Tabela

Notícias relacionadas