Governo quer construir 120 escolas técnicas federais

Governo quer construir 120 escolas técnicas federais

Para atingir a meta de criar 8 milhões de vagas na educação profissional até o fim do mandato, a presidente Dilma Rousseff prevê a construção de mais 120 escolas de educação profissional e tecnológica. A meta foi divulgada nesta saemana no lançamento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

A presidente ainda vai inaugurar 81 escolas que começaram a ser construídas no governo anterior. Somadas às 214 inauguradas pelo ex-presidente Lula e às 140 que funcionavam antes de 2002, a previsão é que a rede seja ampliada para 600 unidades escolares administradas pelos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Quando a expansão for concluída,a rede federal atenderá a 600 mil estudantes.

Promessa de campanha de Dilma, o Pronatec vai ofertar vagas gratuitas em instituições públicas e privadas, incluindo as do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac), a estudantes e trabalhadores interessados em qualificação profissional.

O programa prevê, além da ampliação da rede federal, pagamento de bolsa formação para trabalhadores e estudantes, aumento das vagas gratuitas em cursos do Sistema S e a extensão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para cursos técnicos.

Com ABr

Notícias relacionadas