Grande Hotel ficará fechado por dez dias

Grande Hotel ficará fechado por dez dias

O grupo Tauá Participação vai começar a receber hóspedes e turistas no Grande Hotel e Termas de Araxá somente no próximo dia 26 deste mês. A rede assume efetivamente a administração do complexo hoteleiro na próxima segunda-feira (15), mas paralisa as atividades durante dez dias para treinamento da equipe e apresentação da cultura da empresa aos colaboradores.

O objetivo da diretoria do Tauá é trabalhar em diversas frentes turísticas, atraindo eventos de negócio, lazer, entretenimento e outros. O Tauá foi a única empresa a apresentar uma proposta de administração do Grande Hotel e Termas durante o pregão presencial de licitação realizado em fevereiro passado pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig).

O arrendamento vai durar 15 anos, mas a cada cinco anos o arrendatário pode pedir renegociação no valor dos royalties. O arrendatário fica obrigado a remunerar a Codemig mensalmente em 4,5%, conforme oferta feita pelo Tauá, sobre a receita líquida mensal. Se o royalty não atingir R$ 40 mil por mês, este será o valor considerado como remuneração mínima paga à Codemig. O complexo esteve arrendado nos últimos cinco anos para o Grupo Ouro Minas, que desistiu da administração por considerar alta a porcentagem de royalties (11 % da média) cobrada pela Codemig.

O gerente Financeiro do Tauá, Daniel Chequer Ribeiro, acredita que o Grande Hotel terá uma despesa de R$ 1 milhão por mês. “O grupo ainda está conhecendo toda estrutura e serviços prestados pelo hotel. Ainda estamos nos ambientando. O Ouro Minas é uma excelente empresa e fez uma ótima administração, mas pretendemos trazer nosso modelo de atendimento ao Grande Hotel. Queremos nos aproximar mais dos clientes, levar mais calor humano.”

De acordo com ele, as condições fechadas no novo edital estão mais favoráveis ao sucesso do empreendimento. “Acreditamos muito no complexo do Grande Hotel, é um lugar único no Brasil. O nosso pilar principal é o diferencial no atendimento. Vamos trabalhar em diversas frentes, turismo de negócios, lazer, eventos, entre outros. As convenções e eventos e o lazer para famílias com crianças são nosso forte em nossos hotéis de Atibaia e Caeté. Mas, pelo potencial do Grande Hotel, investiremos também nos eventos sociais, principalmente casamentos, e, fortemente, em grupos da melhor idade”, destaca Daniel.

Ele afirma que o Tauá já teve o primeiro contato com a Prefeitura de Araxá. “É uma preocupação de ambas as partes realizar ações para reforçar ainda mais o turismo local, assim como criar mais eventos para trazer o araxaense para perto do Grande Hotel. O nosso objetivo é trabalhar o turismo em parceria com toda a rede hoteleira da cidade. Acreditamos sempre na parceira”, diz o gerente.

“O Grande Hotel e as Termas devem ser um atrativo não só para os próprios hóspedes, mas para os hóspedes de todos os hotéis da cidade. Para isso, pretendemos firmar parcerias com os hoteleiros locais”, acrescenta o gerente.

Daniel afirma que a o grupo vai criar condições para que os araxaenses tenham mais acesso ao Grande Hotel. “Sabemos dessa reivindicação da população local e vamos criar condições mais acessíveis, teremos o araxaense como nosso cliente especial. Estamos muito confiantes nessa nova empreitada. Araxá tem todas as características e atrativos necessários para receber turistas de todo o mundo. Estamos muito animados para fazer isso acontecer”, destaca.

Grupo Tauá

Tauá é uma palavra indígena que significa barro amarelo. Fundado em 1985, iniciou suas operações em Caeté, grande Belo Horizonte, com 22 apartamentos. O empreendedorismo e o atendimento como diferencial determinante fez com que o Tauá não parasse de crescer durante toda sua história. Em Caeté, o Tauá possui 251 apartamentos e é o 3º maior centro de eventos dentro de um hotel no Brasil. Em breve, serão construídos 97 novos apartamentos neste empreendimento.

Em dezembro de 2008, buscando ampliar suas operações, foi construído em Atibaia, importante polo hoteleiro e turístico do Estado de São Paulo, uma nova unidade. Hoje o Tauá Atibaia opera com 72 apartamentos em sua primeira fase de operações. Um projeto que prevê 320 unidades habitacionais e o maior centro de eventos da região.

Notícias relacionadas