IBGE oferta 117 vagas para recenseadores na Agência de Araxá

IBGE oferta 117 vagas para recenseadores na Agência de Araxá

O processo seletivo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) oferta 117 vagas temporárias para recenseadores na Agência local, que abrange os municípios de Araxá (69), Ibiá (28), Campos Altos (10), Tapira (6) e Pratinha (4). As inscrições começaram nesta sexta-feira (26), custam R$ 18 e podem ser feitas em postos credenciados pelos Correios ou autorizados pela Fundação Cesgranrio (realizadora do processo seletivo).

É necessário ter 18 anos completos na data de contração, ter concluído o ensino fundamental, ser brasileiro, ou, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade, além de outras exigências previstas no edital.

As inscrições pelos postos acontecerão até o dia 19 de março, mas o prazo pela internet foram estendidas para até 4 de abril, através do site da Cesgranrio. As provas objetivas serão realizadas no dia 30 de maio. Os classificados ainda serão submetidos a um treinamento de caráter eliminatório e também classificatório. O resultado final será divulgado em 1º de julho.

Os aprovados vão trabalhar na coleta de dados para o Censo 2010 (que inicia em 1º de agosto, por um período de um a quatro meses, utilizando computadores de mão. O horário de trabalho será flexível, mas o IBGE recomenda que o candidato disponha de 25 a 30 horas semanais para realizar as entrevistas domiciliares.

Ainda segundo o IBGE, a remuneração será por produtividade, com base na quantidade de domicílios recenseados – cada setor propiciará remuneração em torno de R$ 800 a R$ 1,6 mil, dependendo da região. Os temporários também terão direito a 13º salário e férias proporcionais aos dias trabalhados.

Para os 5.565 municípios brasileiros, o total é de 191.972 vagas para recenseadores que vão visitar cerca de 58 milhões de domicílios – 19.075 vagas para Minas.

Estimativa em Araxá

O IBGE apontou em agosto passado que a estimativa de Araxá é de 92.927 habitantes, um acréscimo de 5,8 % no índice populacional do Censo 2007 (87.772 pessoas).

Porém, a gerente da Agência do IBGE em Araxá, Gislene Maria Ferreira Ramos, acredita que com a realização do Censo 2010 esta estimativa não se confirme e Araxá não chegue a 90 mil habitantes. “Araxá não cresce na proporção da estimativa, por isso é necessário rever esses números através do Censo deste ano”, diz.

Ela destaca que o número de pessoas que vivem sozinhas em Araxá tem crescido muito. A gerente conta que a cidade tem 4 mil casas com apenas um morador; 3,6 mil com dois moradores e 57% das residências têm de um a três moradores.

Além disso, dados do IBGE apontam que das 26 mil residências da cidade apenas 91 contam com 10 moradores e que o número de nascimentos a cada três meses não supera 180 crianças.

Segundo a gerente, os números fazem parte de uma estimativa de crescimento feita pelo instituto com base de cálculo nos percentuais da última década.

O último Censo apontou que Araxá teria, em 2000, 78.997 habitantes. Gislene conta que em 2007 houve uma contagem da população araxaense devido ao Fundo de Participação dos Municípios, onde revelou que a cidade teria 87.772 moradores. Levando em conta os seis anos entre o intervalo de 2000 e 2007, Araxá teria ganhado cerca de 1,4 mil habitantes por ano.

Notícias relacionadas