Inscrições para oficinas do Encontro Sesi de Artes Cênicas vão até o dia 31

Inscrições para oficinas do Encontro Sesi de Artes Cênicas vão até o dia 31

As inscrições para participar das oficinas do Encontro Sesi de Artes Cênicas de Araxá já estão abertas. Os interessados podem se inscrever gratuitamente até o dia 31 de outubro, pela internet ou presencialmente, e garantir sua presença nas atividades que acompanham as atrações teatrais, entre 31 de outubro a 8 de novembro.

Sete oficinas compõem a programação: “Teatro de rua: do jogo ao desafio da representação”, com Cia. Valentina, “Empreendedorismo Cultural”, com o gestor cultural Diógenes Marques, “Autobiografia feminina e criação em teatro”, com as diretoras e atrizes Cida Falabella e Denise Pedron,  “Criação e Composição de Figurino”, com o figurinista Carloman Bonfim, “Sensibilização para dança”, com o bailarino e coreógrafo Rui Moreira, “Fotografia nas Artes Cênicas”, com o fotógrafo Guto Muniz, e “Técnica Vocal e Expressividade no Canto Popular”, com a atriz e cantora Priscilla Cler.

A 24ª edição do Encontro SESI de Artes Cênicas de Araxá, que tem como tema “Arte e realidade” destaca as relações cada vez mais intensas entre a criação artística e a vida real e cotidiana. Apresenta um conjunto de espetáculos que tem como inspiração biografias, fatos históricos, documentários, histórias verídicas, que vão do drama à comédia, do teatro à dança e ao circo, do cênico às artes visuais. Paralelamente, a cidade também recebe oficinas, intervenções e shows.

Há 24 anos ininterruptos em cena, o Encontro de Artes Cênicas reafirma o Sesi como promotor de cultura e formador de público. Desse modo, também se investe em acessibilidade ao cenário artístico nacional. À sociedade araxaense, o Encontro Sesi de Artes Cênicas tem proporcionado, há mais de duas décadas, a experiência de fruição e produção de obras artísticas cênicas (teatro, dança, circo e música) que exercem influência sobre modos de perceber e compreender a sua realidade. Ao mesmo tempo, potencializa o desenvolvimento artístico da cidade, oferecendo a seus agentes culturais a oportunidade de contato com o que se tem produzido nos grandes centros urbanos.

Oficinas

“Teatro de rua: do jogo ao desafio da representação”

Cia. Valentina (Araxá)

31/10 a 4/11, das 14h às 18h no Centro de Cursos Teatrais

Público: acima de 14 anos | 20 vagas | Carga horária: 20 h/aula

Introdução, estudos teóricos, histórico e prática de criação e atuação para teatro de rua. Técnicas corporais e vocais direcionadas, criação e adaptação textuais para a linguagem, desenvoltura de atuação, presença do ator direcionada e diferenciações do estado do ator para o palco e para a rua.

A Cia. Valentina de Teatro realiza espetáculos cênicos, oficinas, workshops, intervenções e apresentações e estuda as teorias e práticas cênicas, além da confecção e atuação com bonecos teatrais, máscaras neutras e expressivas e pesquisas em Arte-Educação. Oferecem ainda cursos de Consciência e Expressão Corporal para o teatro, Preparação vocal, Direção teatral, Dramaturgia, Metodologia de Ensino para formação de atores e educadores, práticas de montagem e apresentações cênicas. Também constam de sua trajetória, experiências em atuação para Commedia Del’Arte, Teatro de Animação, Contação de Histórias entre outros. A Cia. Valentina está também na programação do Encontro SESI de Artes Cênicas com o espetáculo “LePatoPutz”.

“Empreendedorismo Cultural”

Diógenes Marques (Uberaba)

2/11, domingo, das 15h às 19h na Unidade SESI/ SENAI

Público: artistas, gestores culturais e produtores | 20 vagas | Carga horária: 4h/aula

O workshop alinha as filosofias da Economia Criativa que proporciona ao artista, gestores culturais e produtores maior conhecimento da área de gestão de sua carreira e empresa. Serão abordados assuntos como precificação de produto/serviço, consumo de produto intangível, apresentação de proposta comercial, planilha financeira, impostos entre outros. As atividades práticas serão aplicadas com a ferramenta Canvas.

Diógenes Marques é Especialista em MBA Executivo em Gestão Empreendedora de Negócios –ESAM, Gestão Cultural – SENAC/MG e Docência Universitária – UNIUBE, Graduado em licenciatura Plena em História – UNIUBE, Supervisor Técnico de Cultura do Centro de Cultura José Maria Barra/SESI e Coordenador de Produção do Encontro SESI de Artes Cênicas de Araxá.

“Sensibilização para a dança”

Rui Moreira (Belo Horizonte)

3 e 4/11, das 9h às 12h na Unidade SESI/ SENAI Araxá

Público: a partir de 15 anos, sem necessidade de experiência prévia | 15 vagas | Carga horária: 6h/aula

Nesta oficina o interessado é convidado a participar de jogos de dança interativos e lúdicos. Parte do princípio de que o batimento cardíaco demonstra o ritmo interno e externo do ser humano de maneira explicita. Sentir este movimento vital através de exercícios ritmados por musicas mecânicas ou tocadas e entoadas pelos presentes aumenta a sensação de presença e interação. As práticas lúdicas coletivas tendem a espelhar as pessoas e promover interesses e afetos. A exemplo dos encontros tribais ou familiares, a dança e o canto são os elementos facilitadores desta vivência.

A carreira de Rui Moreira teve inicio no final dos anos 1970 e está fortemente marcada por sua participação no Grupo Corpo (MG) e nas companhias Cisne Negro (SP), Balé da Cidade de São Paulo, Cie. Azanie (França/Lyon), Cia. SeráQuê? (MG), e atualmente na Rui Moreira Cia. de Danças (MG). Dedica-se a desenvolver criações coreográficas a partir de pesquisas e fusões entre linguagens cênicas promovendo interações com as matrizes culturais brasileiras.

“Autobiografia feminina e criação em teatro”

Cida Falabella e Denise Pedron (Belo Horizonte)

5, 6 e 7/11, das 14h às 18h na Unidade SESI/ SENAI Araxá

Público: mulheres com ou sem experiência em teatro | 15 vagas | Carga horária: 12h/aula

A Oficina trabalhará práticas de criação teatral a partir de elementos autobiográficos. Os participantes serão orientados a produzir narrativas literárias a partir de suas próprias experiências de vida e então recriá-las em cenas a serem compartilhadas entre eles. O trabalho será realizado com base na (re)criação de rituais pessoais/corporais cotidianos e práticas do teatro documental e da performance.

Cida Falabella e Denise Pedron estão também na programação do Encontro SESI de Artes Cênicas com o ensaio aberto de seu novo trabalho “Domingo.

 “Criação e Composição de Figurino”

Carloman Bonfim (Belo Horizonte)

5 a 8/11, das 14h às 18h na Unidade SESI/ SENAI Araxá

Público: jovens e adultos interessados a se dedicarem à criação de figurinos para teatro | 20 vagas | Carga horária: 16 h/ aula

O curso apresentará aos alunos um breve panorama sobre a história da indumentária e os princípios básicos de criação e de composição do figurino (estudo da proposta cênica, desenho de croquis, finalização) partindo do pressuposto de que o figurino é um dos principais elementos de um espetáculo cênico.

Carloman Bonfim participou de cursos com Luis Rossi (S.P.), J. C. Serroni (S.P.) Ronald Teixeira (R.J.) e Júnia Melillo (M.G.). Criou figurino para espetáculos como: “O mundo mágico do sítio do pica-pau amarelo”; “O gato malhado e a andorinha sinhá”; “Isso que chamamos, talvez por engano, de amor”; “É só uma formalidade”; “Dama da Noite”; “O casamento da ararinha azul”; entre outros. Recebeu várias indicações a prêmio e prêmio USIMINAS/SINPARC em 2012 por “O casamento da ararinha azul”. É mestrando em Teatro pelo Programa de Pós-Graduação em Artes pela Universidade Federal de Uberlândia. Possui licenciatura em teatro pela Escola de Belas Artes da UFMG e bacharelado em Artes Plásticas pela Escola Guignard da UEMG.

 “Fotografia nas Artes Cênicas”

Guto Muniz (Belo Horizonte)

6 e 7/11, das 9h às 13h e das 14h às 18h, na Unidade SESI/ SENAI Araxá

Público: que tenha interesse por Artes Cênicas e domínio da operação das câmeras fotográficas em modo manual. É altamente recomendável que os participantes possuam câmera fotográfica DSLR. | 15 vagas | Carga horária: 16 h/ aula

Breve histórico da fotografia de cena no Brasil. Os profissionais de artes cênicas e suas diferentes necessidades. O fotógrafo de artes cêicas e suas possibilidades de atuação. Espaços cênicos: o teatro tradicional, os espaços alternativos e os espetáculos de rua. Principais equipamentos utilizados. A adequação técnica a cada espaço, espetáculo ou situação proposta. Fluxo de trabalho e tratamento de imagens. Aulas práticas: os participantes da oficina fotografarão espetáculos que integram a programação do Encontro SESI de Artes Cênicas.

Guto Muniz, em 27 anos de carreira, esteve à frente da cobertura de alguns dos mais importantes eventos das artes cênicas mineiras, dentre os quais destacam-¬se o FIT BH, Festival Internacional de Teatro de Bonecos de Belo Horizonte, Festival Mundial de Circo do Brasil, Festival de Arte Negra, Festival 1, 2 na Dança, Horizontes Urbanos, ECUM – Encontro Mundial das Artes Cênicas. É ainda responsável pela cobertura de algumas das mais consagradas companhias mineiras, como o Grupo Galpão, Grupo de Dança 1º Ato, Mimulus Cia de Dança, entre outras.

“Técnica Vocal e Expressividade no Canto Popular”

Priscilla Cler (Belo Horizonte)

6 a 8/11, das 9h às 12h, na Unidade SESI/ SENAI Araxá

Público: atores, estudantes de teatro, interessados em geral | 20 vagas | Carga horária: 12 h/ aula

A oficina busca desenvolver no público iniciante os princípios básicos da saúde e técnica vocal através da prática da vocalização e do canto em conjunto. Aborda também questões relativas à voz de cada indivíduo e a relação com sua personalidade, descoberta vocal e o prazer de cantar, através de jogos e exercícios teatrais.

Priscilla Cler é atriz e cantora, Bacharel em Interpretação Teatral pela UFMG, licenciada em Canto Lírico pela UEMG e Mestre em Artes pela EBA/UFMG. Atua em Belo Horizonte também como preparadora vocal e professora particular de canto para atores. Trabalhou em espetáculos teatrais com os diretores Kalluh Araújo, Pedro Paulo Cava, Antonio Hildebrando, entre outros. Como atriz, cantora e instrumentista, atuou em 21 espetáculos e, como preparadora vocal, em 24 espetáculos. Em 2008, ganhou os prêmios USIMINAS SINPARC e Sesc/SATED, na categoria Revelação, pela atuação no espetáculo Sambalelê, dirigido por Kalluh Araújo. Priscilla está também na programação do Encontro SESI de Artes Cênicas com o espetáculo “A Erudita”.

Serviço

24º Encontro Sesi de Artes Cênicas de Araxá

Oficinas gratuitas

Inscrições: de 13 a 31 de outubro

Internet: www.encontroartescenicasaraxa.blogspot.com

Presencial: Escola de Cultura Sesi Araxá com Ana Paula

Av. Ítalo Ross, s/n, Santa Rita | (34)3662-3038 | Horário comercial.

Notícias relacionadas