Italiano, paulista e araxaense vencem Campeonato de Voo Livre em Araxá

Italiano, paulista e araxaense vencem Campeonato de Voo Livre em Araxá

Sucesso no céu e na serra. Essa é a conclusão de quem passou pelo Horizonte Perdido nos cinco dias do campeonato de vôo livre. O evento que estava na sua 16ª edição, contou com a participação de quase 100 pilotos de oito Estados, além da Venezuela, Argentina e Itália.

Durante todos os dias, um grande número de pessoas passou pelo local. Mas também, quem não competiu contou com atrações para se divertir durante todo o dia.

No sábado (8), a primeira atividade foi o projeto Pedalando no Horizonte, com 40 bikes para a prática de spinning. Foram três aulas durante o dia, todas com 100% de aproveitamento. Na segunda (10), em parceria com a organização, teve a participação dos alunos da Apae, que ficaram maravilhados com o voo. Também escalada, passeio ecológico, diversão para crianças, almoço, tira-gosto e show todos os dias.

Enquanto isso, os pilotos não perderam tempo. Antes mesmo das 12h, abriu a janela para decolagem. E foi assim durante os cinco dias. Ao contrário do que previa as condições climáticas, São Pedro também colaborou. A temperatura ficou na casa dos 30 graus. Com ventos de cerca de 80 quilômetros por hora.

O evento promovido pelo Clube Araxaense de Voo Livre (CAVL) contou com a parceria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Parcerias.

Vencedores

1º lugar (avançado) – Vicenzo Di Martino (Itália)

1º lugar (serial) – Marcelo Bibi (Socorro/SP)

1° lugar (serial light) – Igor Rocha (Araxá/MG)

A maior distância percorrida este ano continuou sendo de Nasser Abdanur com 200 quilômetros – pouso em Sertãozinho (SP).

A equipe organizadora do CAVL não para e já prepara o próximo campeonato para o ano que vem.

Notícias relacionadas