JAC suspende construção de fábrica no Brasil

JAC suspende construção de fábrica no Brasil

A chinesa JAC Motors emitiu uma nota suspendendo o plano de construção da fábrica da empresa no Brasil diante do aumento do IPI decretado pelo governo.

Nota

Nós começamos o nosso negócio no Brasil em março de 2011, em parceria com o Grupo SH, e desde então a JAC Motors criou uma boa imagem no mercado brasileiro. Oferecemos automóveis bem equipados e com itens de segurança que nossos concorrentes diretos não oferecem, além de oferecer seis anos de garantia.

O Grupo SHC investiu US$ 200 milhões na rede de concessionárias. Estamos muito orgulhosos com o sucesso da marca e com o papel que desempenhamos como reguladores de preços para nossos concorrentes, o que favoreceu os consumidores brasileiros.

Com tanto sucesso, decidimos antecipar nossos planos iniciais. Em 1 de agosto de 2011 assinamos um acordo de joint venture com a SHC anunciado a intenção de abrir uma fábrica no Brasil, com início de operações em 2014, investimentos de US$ 600 milhões e geração de 3,5 mil empregos diretos.

Em 15 de setembro de 2011 o IPI aumentou em 30 pontos percentuais (de 13% para 43%) para os automóveis importados e com essa modificação radical na lei, infelizmente nossos planos mudaram.

O resultado desse aumento no IPI é na realidade equivalente a um aumento no imposto de importação para 85%.

A mudança repentina e inesperada da lei vai contra as regras do comércio internacional e é uma medida protecionista, o que afeta nossos planos de expansão no Brasil.

A nota, assinada por Ela Cairong, gerente geral da JAC China, diz que a JAC espera que o Governo brasileiro cumpra as leis da OMC (Organização Mundial do Comércio) e reconsidere a decisão.

O dirigente disse que está otimista em relação a um entendimento mútuo e compreensão do governo brasileiro, mas por enquanto o projeto de construção da fábrica no Brasil está suspenso.

Com AutoInforme

Notícias relacionadas