Jeová confirma apoio a Anastasia

Jeová confirma apoio a Anastasia

As mudanças no cenário político nacional e a provável aliança estadual entre o PMDB e o PDT não mudam a decisão do prefeito Jeová Moreira da Costa (PDT) em relação à disputa pelo governo do Estado. Ele confirmou o seu apoio ao governador Antonio Augusto Anastasia (PSDB).

Segundo o prefeito, a Executiva Estadual do PDT já foi comunicada e não teme qualquer tipo de retaliação pelo partido. Mesmo com o ex-ministro das Comunicações e pré-candidato ao governo de Minas Gerais, Hélio Costa (PMDB), ter cobrado através da imprensa o apoio do prefeito em recente visita a Araxá, diante a possibilidade de seu partido caminhar junto com o PDT, Jeová manteve o seu posicionamento.

Para definir a composição da chapa que vai disputar as eleições estaduais deste ano o mais rápido possível, o PMDB segue em busca de novos aliados. Depois de oferecer uma das vagas para o Senado ao PR, Hélio Costa convidou o PDT para integrar a aliança. Parlamentares do PDT admitiram que é muito difícil recusar a “tentadora oferta” feita pelo senador ao presidente nacional, Carlos Luppi.

O pré-candidato foi muito claro ao oferecer ao PDT a vaga de vice, Senado ou suplência. “O PDT não pode trocar a oportunidade de sair como vice na chapa do PMDB em troca de um arranjo político de menor importância”, avaliou o deputado estadual Washington Fernandes Rodrigues, o Sargento Rodrigues, em entrevista ao jornal Hoje em Dia (BH).

De acordo com Jeová, seu apoio a Anastasia é em reconhecimento ao trabalho do governador para Araxá. “Em todos os projetos que desenhamos no setor da agroindústria e no turismo, o governador Anastasia foi parceiro e viu que estamos no caminho certo. Por isso eu vou apoiar a continuidade da gestão do Aécio Neves que é a eleição do seu braço direito, o professor Anastasia. Esse é um compromisso moral que fiz com o governador e, inclusive, já comuniquei o meu apoio ao PDT na última reunião que tivemos em Belo Horizonte”, afirma.

 “Estamos pensando em Araxá, em Minas Gerais, e com certeza vamos ter dentro do partido todos os requisitos para assumir primeiramente os compromissos locais para depois pensar em apoio estadual ou nacional. Estamos dentro de uma democracia e isso no PDT está bem evidente. Nós estamos nos posicionando dentro dos interesses da cidade”, acrescenta.

O prefeito acredita que não haverá qualquer tipo de retaliação pelo PDT. “O PDT está consciente de todas as colocações municipais e nós estamos aguardando apenas qual será a aliança estadual. É muito importante destacar que em nosso partido tem uma ala que apoia a pré-candidatura do professor Anastasia e outra a do ex-ministro das Comunicações, Hélio Costa, que até negocia a vaga de vice”, destaca.

Notícias relacionadas