Jeová quer construir Parque Tecnológico e Centro de Treinamento

Jeová quer construir Parque Tecnológico e Centro de Treinamento

Da Redação/Raphael Rios – O prefeito Jeová Moreira da Costa, juntamente com a comitiva araxaense presente na Europa e Oriente Médio, apresentaram na manhã de hoje (27) tudo aquilo que vivenciaram nos vários países visitados em cerca de 20 dias de viagem. Jeová se mostrou muito confiante em realizar projetos como a consolidação de um Parque Tecnológico na cidade, construção de um Centro de Treinamento para receber uma seleção na Copa do Mundo de 2014, além da reurbanização de pontos importantes na cidade e no turismo de bem-estar.

Empolgado e em tom de brincadeira, Jeová chegou a dizer que era ignorante e agora está muito disposto a trabalhar para que a cidade tenha tecnologia de ponta. Além disso, o prefeito confirmou que pensava em direcionar sua vida de volta à profissão de médico e estar mais ao lado da família, mas que agora vai colocar o “bloco na rua” e levar esses projetos à comunidade para que todos possam entender a necessidade desses investimentos.

“Essa viagem foi bastante interessante porque deu para termos a consciência que podemos construir riquezas e qualidade de vida para os cidadãos, não só de Araxá, mas como de todo o Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Araxá está com uma terra fértil para isso uma vez que estamos com um sentimento de união política e empresarial”, destaca.

Jeová afirma que a cidade tem muito o que aprender com outros países e uma nova missão internacional já está nos planos. “Muitas coisas na área tecnológica que estamos tendo problemas aqui eles já vivenciaram há 20 ou 30 anos atrás. Eles estão dispostos a manter uma parceria com os empresários de Araxá”, diz.  

Investimentos

O interesse de tornar a cidade em um Parque Tecnológico é grande, mas o primeiro investimento da cidade, segundo o prefeito, será na construção de um Centro de Treinamento. “Queremos trazer para Araxá uma seleção que vai participar da Copa. Nessa arte nós avançamos muito porque tivemos na Espanha e entramos em contato com um arquiteto que desenhou vários centros de treinamento quando a Espanha recebeu a Copa do Mundo em 1982”, destaca o prefeito.

Jeová ainda disse que após a construção do Centro de Treinamento pode haver uma parceria com Real Madri ou Barcelona para que eles possam fazer pré-temporadas na cidade, ou até mesmo manter uma filiada das categorias de base na cidade.

Turismo de bem-estar

Uma equipe de trabalho, coordenada pela secretaria de Desenvolvimento Econômico Turismo e Parcerias, Alda Sandra Barbosa Marques, pelos presidentes da Acia e CDL, respectivamente, Márcio Farid e Pedrinho da Mata, e pelo empresário Emílio Neumann, vai desenhar uma espinha dorsal para os investimentos.

“Queremos trazer o alinhamento das nossas termas com as termas de Vichy, na França, onde vimos a parceria do poder público com o poder privado, além das termas em Montecelli (Itália), em que só o poder privado é que toma conta”, destaca.

O prefeito afirma que o termalismo tem cada vez mais espaço, mas não aquele de tratar de doenças e sim o de bem-estar.

Estado e empresariado estrangeiro

Segundo Jeová, o governador Antonio Anastasia já deu carta branca para a isenção de impostos para os investidores no Parque Tecnológico, onde a vinda da fábrica de aeronaves está mais adiantada. Já outros empresários de Portugal, Israel, França e Itália que demonstraram interesse em investir na cidade, o prefeito disse que eles já foram convidados para estarem em Araxá para que as negociações continuem.

Notícias relacionadas