Jovens do Programa Casa do Pequeno Jardineiro desenvolvem ação socioeducativa

Jovens do Programa Casa do Pequeno Jardineiro desenvolvem ação socioeducativa

Educadores e alunos entregaram folhetos e mudas de plantas para motoristas que passaram pela Avenida Ecológica.

 

Participantes do Programa Casa do Pequeno Jardineiro – Projeto Semear Cidadania, comemoraram o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) com ações de conscientização sobre a importância da preservação ambiental para a manutenção da fauna e da flora. Educadores e alunos  distribuíram folhetos e mudas de plantas medicinais para os motoristas que passavam pela sede do programa, localizada na Avenida Ecológica.

O Pequeno Jardineiro é promovido pela Secretaria Municipal de Ação e Promoção Social, com recursos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA) e conta com a parceria da Fundação Maçônica, na cessão do espaço. Com ações de educação ambiental desenvolvem trabalhos de inclusão social preventivos e profissionalizantes por meio da educação ambiental. Atende jovens de ambos os sexos, com idades que variam de 14 a 17 anos e uma das exigências é a frequência no ensino regular.

As mudas produzidas no projeto são doadas para a população e plantadas em diversos locais da cidade. “Estamos conscientizando a comunidade sobre a importância da conservação do meio ambiente. É um momento em que aproveitamos para repassar tudo que os alunos absorveram de conhecimento do programa referente ao zelo com a natureza e a produção de mudas”, destaca a Coordenadora do programa, Edna de Fátima Resende Campos.

Para João Paulo Ferreira, um dos educadores, a ação é relevante a todos. “Eu fui aluno da casa e agora como educador repasso esse conhecimento a quem está ingressando no programa. É uma blitz socioeducativa que conscientiza a população sobre a importância dos cuidados com o meio ambiente. Aqui estamos repassando tudo que é ensinado aos jovens”, enfatiza.

Durante o 1° semestre, 65 alunos do programa participaram de ações, com foco na sustentabilidade ambiental.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *