Justiça Eleitoral nega registro de um candidato de Araxá e quatro de Tapira

O juiz Eleitoral de Araxá, Pedro Cândido Fiúza Neto, negou os registros do candidato a vereador em Araxá, Sérgio Luiz Nicolau, do candidato a prefeito em Tapira, Lavater Pontes Junior, e dos candidatos a vereador em Tapira, Maura Assunção de Melo Pontes, Ronaldo Luiz Assunção e Márcio Rodrigues Fernandes. As sentenças foram publicadas no final da tarde de hoje (6), no Cartório Eleitoral. Os candidatos têm 72 horas para recorrer da decisão no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais, a partir da data de publicação das setenças.

Com isso, os demais candidatos que estavam impugnados estão livres para continuar suas campanhas nestas eleições, como o candidato a vice da coligação Pra Frente Araxá, Miguel Jr., os candidatos a vereadores em Araxá, José Cincinato de Ávila, Cássio Simões de Assunção e Liovaldo Moreira dos Santos, os candidatos a prefeito e vice da coligação Unidos por Tapira, Jeremias Raimundo Venâncio e Manoel Messias do Santos, e o candidato a  vereador em Tapira, Jamil Lazaro Borges. Também entre os impugnados, Edson Pereira da Silva renunciou de sua candidatura a vereador em Araxá. A Promotoria Eleitoral pode recorrer das decisões.

Bosco

Como já havia vencido o prazo de impugnação de candidaturas, a Promotoria Eleitoral de Araxá indeferiu a candidatura a prefeito de Bosco, coligação Araxá no Rumo Certo, na última sexta-feira (1°). O candidato apresentou defesa na última segunda (4) e, também no fim da tarde de hoje (6), a Justiça Eleitoral sentenciou ser contra o indeferimento da candidatura de Bosco, que pode continuar sua campanha livremente.

Notícias relacionadas