Maioria dos partidos quer 17 cadeiras na Câmara Municipal

Maioria dos partidos quer 17 cadeiras na Câmara Municipal

O novo número de vereadores que a Câmara Municipal de Araxá pode ter nas próximas eleições foi tema de muito debate no Legislativo e representantes de 11 dos 16 partidos políticos da cidade, promovido na manhã desta terça-feira (24). A maioria deles optou pelo número de 17 cadeiras e a discussão para que os vereadores formem suas opiniões e alterem o regimento interno e a Lei Orgânica do Município continua até a sua votação.

“Pela primeira vez, a Câmara recebeu os partidos aqui na Casa, pudemos trocar idéias em relação a quantidade de vereadores, uma vez que hoje existe uma legislação que diz que Araxá pode ter, no máximo, 17 vereadores”, destaca o presidente da Câmara, Carlos Roberto Rosa (PP).

Repasse de 7%

Aqueles que defenderam a ideia de 17 cadeiras argumentaram que não haveria aumento de custos com sete vereadores a mais no Legislativo, afirmando que o repasse da prefeitura seria o mesmo e a representatividade da população seria bem maior.

“E preciso destacar que a prefeitura nunca repassou 7% para a Câmara, nenhum prefeito repassou. Mas a partir de agora, serão obrigados a repassar os 7%, sob pena de cassação e até perda de mandato”, diz Roberto.

O presidente acrescenta que haveria aumento nas despesas da Câmara Municipal com mais vereadores, assessores e demais encargos.

Nova sede da Câmara

Segundo Roberto, a nova sede da Câmara Municipal tem capacidade para até 17 vereadores, mas isso não significa que o número estipulado será este.

Posição dos partidos

17 cadeiras – PT, PMN, PTB, PSB, PP e PTN.

15 cadeiras – PR e PMDB.

Indecisos – DEM, PDT e PSDB.

Partidos que não compareceram – PSC, PRP, PSDC, PV e PRTB.

Notícias relacionadas