Super banner
Super banner

Malaia e Rodrigo dão show na goleada do GEF

Malaia e Rodrigo dão show na goleada do GEF

Com dois gols de Malaia, um de André e um contra, o GEF goleou o Ferroviário na manhã de hoje, no campo Chácara Dona Adélia, pela quinta rodada do Campeonato Amador. Com a expulsão de André, ainda no primeiro tempo, o GEF jogou com um a menos na segunda etapa e viu Cabeça marcar duas vezes para os donos da casa. Na próxima rodada, o GEF tenta manter 100% de aproveitamento contra o Trianon, enquanto o Ferroviário tem o Dínamo pela frente.

Classificação do Amadorão
Tabela de jogos do Amadorão

Golaço de Malaia

A partida começou quente com as duas equipes buscando o gol e foi o Ferroviário que teve a primeira chance. Aos 8 minutos, Emerson saiu jogando errado, Eduardo dominou a bola, limpou o lance pela esquerda e cruzou para Cabeça; o atacante ganhou da defensiva, mas completou para fora.

O GEF respondeu em dois lances de perigo em bola parada. Na primeira, o capitão Caixeta cobrou falta, a bola desviou na barreira e foi para escanteio. Jean Carlos cobrou na cabeça de Túlio, que deu a cabeçada tirando tinta da trave de Carlos.

Mais presente no ataque, a partir de então, o GEF consegui sair na frente numa boa trama do ataque. Malaia recebeu passe pela esquerda e viu André livre na área; ele dominou e teve tempo de escolher o canto para fazer GEF 1 a 0, aos 27 minutos.

Já aos 40, André retribuiu o passe de Malaia e deixou o camisa 10 na cara do gol. Com muita calma, ele percebeu que Carlos estava adiantado e tocou por cima do goleiro antes de sair para o abraço.

Mas nem só de bons lances viveu o primeiro tempo. Teteu, Rafael, Túlio, Eltinho e André andaram se estranhando e receberam cartão amarelo; já André, recebeu mais um e acabou expulso no fim do primeiro tempo.

Rodrigo evita reação do Ferroviário

Vem o 2º tempo e com ele dois gols relâmpagos. O primeiro, aos 3 minutos, com Malaia completando de cabeça para o fundo do gol a cobrança de escanteio de Jean Carlos. Um minuto depois, foi a vez de Cabeça testar a bola e balançar a rede de Rodrigo, aproveitando cruzamento.

O gol deixou o Ferroviário mais animado e mesmo perdendo por 3 a 1 não deixou de acreditar. Foi aí que a estrela do goleiro Rodrigo começou a brilhar. Com um a menos em campo, o GEF se recuou e deu chances para o Ferroviário diminuir. Aos 12, Davi, que havia entrado no lugar de Teteu, subiu sozinho e cabeceou para a linda defesa de Rodrigo, após cobrança de escanteio.

Logo na sequencia, o mesmo Davi recebeu passe açucarado de Eduardo, mas Rodrigo apareceu rápido e fechou o ângulo do atacante, que acabou chutando em cima do goleiro.

O gol que aliviou a pressão do Ferroviário para o GEF foi contra. Aos 32, Carlos Alberto tentou cortar uma tentativa de ataque dos adversários, mas acabou pegando mal na bola e mandando contra o próprio gol, sem chances de defesa para Carlos.

O atacante Davi ainda teve mais uma chance de diminuir para o Ferroviário, mas Rodrigo em manhã inspirada cresceu para cima do atacante e fez outra defesa difícil. E quem estava ligado na partida e deixou mais um foi o atacante Cabeça, aproveitando cobrança de escanteio e dando números finais à partida.

Ficha técnica

Ferroviário: Carlos, Lucas, Gerson, Alexandre (Alessandro) e Ronis (Carlos Alberto); Wallace Beiço (Lucas Cigano), Téo (Aésio), Teteu (Davi) e Eltinho; Eduardo e Cabeça.
Treinador: Janinho.

GEF: Rodrigo, Jean Carlos, Caixeta, Emerson e Jean Dener (Gustavo); Timinho, Rafael (Ítalo), Túlio (Marcos Júnior) e André; Malaia (Marcelinho) e Fábio Tapira (Flaviano).
Treinador: Cláudio Macedo.

Árbitro: Nivaldo de Souza.
Auxiliares: Noel Pereira França e Marcílio Adriano da Silva.

Cartões amarelos: Teteu, Cabeça e Eltinho (Ferroviário); Caixeta, Timinho, Jean Dener e Túlio, Rafael (GEF).
Cartões vermelhos: André (GEF) e Lucas Cigano (Ferroviário).

Gols: André, aos 27 do 1º tempo; Malaia (2), aos 40 do 1° e aos 3 do 2º tempo; Cabeça (2), aos 4 e aos 49 do 2º tempo e Carlos Alberto (contra), aos 32 do 2º tempo.

Notícias relacionadas