Mau tempo faz aeroporto de Araxá operar por instrumentos

Mau tempo faz aeroporto de Araxá operar por instrumentos

O aeroporto Romeu Zema operou com ajuda de instrumentos na manhã desta sexta-feira (14), segundo informações da estação meteorológica, devido ao mau tempo na cidade.

A intensificação das áreas de instabilidade atmosférica, associada à uma frente fria que estacionou sobre o Estado, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MG) e o Centro de Climatologia da Cemig/PUC Minas alertam para ocorrência de fortes chuvas acompanhadas de vendavais e descargas atmosféricas (raios, relâmpagos, trovões) durante o fim de semana na região.

De acordo com o controlador de vôo, Fabiano Cota, não houve atrasos no Romeu Zema, que passou a funcionar visualmente no período da tarde. Fabiano não descarta a possibilidade do aeroporto voltar a funcionar por instrumentos ou até mesmo fechar, caso o período chuvoso se intensifique.

Ele afirma que o aeroporto de Araxá tem uma média de 400 pousos e decolagens por mês. “As nuvens estão baixas e restringem a visibilidade dos pilotos, por isso é mais seguro operar por instrumentos”, diz.

Além do aeroporto de Araxá, dez terminais enfrentaram problema; Confins, Pampulha, Ipatinga e Juiz de Fora operaram por instrumentos. Os aeroportos de Uberlândia, Uberaba, Governador Valadares, Barbacena, Montes Claros e Poços de Caldas tiveram pousos e decolagens suspensos, vôos atrasados e cancelados.

Notícias relacionadas