Mauro anuncia mutirão para desafogar serviço de emissão de carteiras de identidade

Mauro anuncia mutirão para desafogar serviço de emissão de carteiras de identidade

Vereador Mauro do Detran

Terceiro e último orador da tarde desta terça-feira (25), o vereador Mauro do Detran (PDT) tratou seu pronunciamento exclusivamente de temas voltados para a segurança pública, criticando recente anúncio do governo federal em buscar cinco soluções para melhorar o Brasil face aos recentes manifestos que estão acontecendo pelo país, sendo lembradas questões sobre saúde e educação, mas a segurança pública ficou de fora dessas cinco prioridades, e também criticou o governo do Estado por fazer só propaganda e não trazer nada de significativo para o setor em Araxá.

Para esta questão, no qual Araxá vem tendo diversos problemas com o aumento da criminalidade, Mauro pediu apoio a todos os vereadores no sentido de elaborar uma proposta unificada e integrada para ser levada junto a seus deputados federais e uma reforma no sistema possa amplamente ser discutida no Congresso Nacional e o governo federal seja sensibilizado quanto ao modelo arcaico de segurança pública do país.

Lembrou que, diferentemente dos Estados Unidos que tem uma única instituição policial, no Brasil são 12 órgãos de segurança pública, cada um falando a sua língua, defendendo a sua ideologia e direcionando ações para grupos pré-definidos e não para a coletividade.

Em seguida, Mauro tratou sobre os problemas enfrentados no serviço de emissão de carteiras de identidade pela falta de profissionais e grande demanda pelo documento, ocorrendo grandes filas de espera. Para amenizar a situação, Mauro anunciou que no próximo dia 20 de julho, um sábado, haverá mutirão para emissão de 600 carteiras de identidade, solicitado por meio de gestão sua junto à Delegacia Regional de Polícia Civil, e pediu apoio dos vereadores para que também divulguem esta iniciativa junto à comunidade.

Outro projeto anunciado por Mauro e que acontecerá em breve será um programa voltado para melhor exploração do disque-denúncias por parte da população para ampliar o combate ao tráfico e consumo de drogas, por meio de divulgação deste serviço prestado pelas polícias Militar e Civil em placas de identificação de rua que serão instaladas pela cidade por meio de apoio junto à iniciativa privada. Mauro destacou que este projeto também foi feito por gestão junto à Delegacia Regional.

Notícias relacionadas