Super banner

Mauro Chaves sugere Ação Civil Pública contra a Copasa

Mauro Chaves sugere Ação Civil Pública contra a Copasa

O vereador Mauro Chaves (PDT) ao usar a Tribuna, durante a Reunião Ordinária desta semana, apresentou registros fotográficos que comprovam a má qualidade do serviço de recapeamento realizado pela Copasa, em Araxá, quando ela precisa fazer algum tipo de intervenção no asfalto da cidade. Mauro propõe uma Ação Civil Pública para a Copasa compensar os danos já causados e até a revogação do contrato caso a estatal não aceite a proposta do município.

Mauro comentou ainda sobre os vereadores afastados e os estudos que estão sendo feitos pela Casa Legislativa que podem culminar com a cassação dos investigados pela Polícia Civil e Ministério Público.

Preocupado com o serviço de má qualidade, Mauro apresentou algumas fotos que foram tiradas em diversos bairros da cidade, onde a Copasa danificou o asfalto para realizar algum tipo de serviço e realizou depois um recapeamento de péssima qualidade. “Com o tempo e com a chuva, aquele lugar que foi ‘remendado’ vira uma cratera e a Prefeitura tem que fazer sua restauração”, destacou. Segundo ele, o que se encontra em vias públicas são quebra-molas que geram prejuízos. “O Estado está causando danos ao município e os cofres públicos que sofrem com isso”, afirma.

Mauro solicitou à Câmara Municipal que marque um Fórum Comunitário com a Copasa e os demais responsáveis pelo serviço, para buscar a solução do problema. “Eu quero propor uma Ação Civil Pública contra a Copasa para que ela, de forma reparatória, destine alguns quilômetros de asfalto novo nas nossas vias, como forma a compensar o dano que ela tem causado em nossa cidade. Ela tem mais que obrigação de fazer esse reparo.”

Ele ainda questionou o contrato entre a Copasa e o Município e disse que o documento pode ser revogado, caso a estatal não aceite a proposta de reparação proposta. “O serviço de água de Uberaba e Uberlândia, feito pelo Departamento próprio da Prefeitura, é muito mais barato que o serviço da Copasa. Nessas cidades, a conta de água e esgoto é mais barata que em Araxá”, destaca.

Cassação vereadores afastados

Mauro abordou ainda a situação dos vereadores afastados e que estão sendo investigados pela Polícia Civil por desvio de recursos da Santa Casa de Misericórdia e suspeita de compra e venda de apoio político na Câmara Municipal. “A Comissão de Finanças, junto ao presidente interino Fabiano Santos Cunha, tem discutido para fundamentar legalmente e abrir um eventual processo de cassação. Para deixar claro à sociedade, temos trabalho, discutido e, em momento oportuno, tendo em mãos documentos que fundamentem esse procedimento, ele será instaurado, dando ampla defesa e direito ao contraditório”, completou.

Sistema de Prova Eletrônica Detran

Mauro destacou que já foi concretizado o projeto que vai implantar o sistema eletrônico para os candidatos que forem prestar provas de Legislação do Detran-MG. “Está nas mãos da Polícia Civil a sua efetivação”, afirma. Segundo ele, já foi autorizada a instalação do sistema e, num prazo máximo de dez dias, o serviço já estará implantado para quem for fazer a prova de Legislação para tirar a Carteira Nacional de Habilitação.

Notícias relacionadas