Memorial Araxá recebe oficina de artes cênicas da Fundação Bunge

Memorial Araxá recebe oficina de artes cênicas da Fundação Bunge

O Memorial Araxá recebe a programação das Jornadas Culturais do Centro de Memória da Bunge. Artistas, monitores de museus, professores e estudantes da cidade participam de conceitos teóricos e oficina de artes cênicas que demonstra a possibilidade de interface entre ciência, arte e tecnologia para despertar a curiosidade em diversas áreas do conhecimento.

De acordo com a coordenadora do Centro de Memória da Bunge, Marilúcia Bottallo, os participantes de Araxá contam com a Jornada Cultural Estátua ou Esconde-Esconde no Museu? Dinâmicas da Interface Ciência & Arte e suas Contribuições à Educação Não Formal.

“Escolhemos esta dinâmica porque Araxá tem especial predileção pelo teatro. O Memorial Araxá é um espaço muito agradável e qualificado. A gente percebe que a cidade está preocupada em promover a cultura”, destaca Marilúcia.

“As Jornadas Culturais têm o objetivo de compartilhar o conhecimento em áreas ligadas à cultura, à preservação da memória, à educação e à inclusão social, usando o material disponível em acervos museológicos como ferramentas para se entender melhor o contexto em que vivemos e interagimos na sociedade hoje”, ressalta a coordenadora.

O workshop é conduzido pelo coordenador de eventos e criador do Núcleo de Artes Cênicas da Estação de Ciência da Universidade de São Paulo (USP), Adenilson Matos. Ele tem experiência como diretor de teatro, ator de cinema, artista circense e dançarino.

A abertura do evento teve a presença do prefeito Jeová Moreira da Costa e do presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB), Walter Ogawa, e as atividades terminam às 17h.

Notícias relacionadas