Menina de 5 anos fica com agulha alojada na garganta

Menina de 5 anos fica com agulha alojada na garganta

Raio-x da garganta da menina com a agulha alojada - Imagens: Reprodução/TV Integração

Uma menina de 5 cinco anos está com um pedaço de agulha alojado na garganta. O instrumento quebrou quando a criança passava por uma cirurgia de retirada das amígdalas no Hospital da Casa do Caminho. Ela já se recupera da cirurgia, mas a família teme pela sua saúde.

A menina foi levada para um hospital particular em Uberlândia nesta sexta (9) para ser avaliada por um especialista. O médico que fez a cirurgia, Gilberto Mariz, informou à reportagem da TV Integração/G1 Triângulo que a quebra do equipamento está sendo apurada.

“Foi solicitado um raio-x de alta definição para a localização da agulha e tentativa de remoção, inclusive com o auxílio de outros profissionais da mesma área, mas não foi possível retirar”, respondeu.

Ele afirmou que a remoção pode ter o risco de atingir outras estruturas do organismo da menina. GIlberto disse também que não há risco de a agulha se movimentar com o desenvolvimento da criança.

No raio-X apresentado pela família é possível ver o pedaço da agulha alojado na garganta da criança. Com o documento, o advogado José Antônio Praga de Faria disse vai acionar o Ministério Público.

A diretoria da Casa do Caminho informou que o centro cirúrgico pode ser utilizado por médicos que não fazem parte do corpo clínico do hospital, caso do médico, e que por isso a unidade não se responsabiliza pelo fato.

Com TV Integração/G1 Triângulo

Notícias relacionadas