MG forma Comissão Gestora do Desarmamento

MG forma Comissão Gestora do Desarmamento

Da Redação – Poder público, movimentos sociais e sociedade civil organizada de Minas Gerais lançaram, oficialmente, no mês de maio, a Comissão Gestora Estadual da Campanha do Desarmamento 2011, que prevê o incentivo à entrega voluntária de armas e munições em todo o Estado. O grupo se reunirá todas as quintas-feiras, na Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa (ALMG), para discutir assuntos relacionados à campanha e desenvolver estratégias para uma maior adesão da população.

São treze os órgãos, entidades e instituições participantes: ALMG, Secretaria de Estado de Defesa Social, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (Crisp), Instituto Minas pela Paz, Coletivo de Entidades Negras, Conselho Comunitário de Segurança Pública de Araxá, Espasso Conseg, Associação dos Guardas Municipais de Mariana e Associação dos Praças Policiais e Bombeiros (Aspra).

Nesse primeiro momento, as armas de fogo e munições poderão ser entregues nas delegacias da Polícia Federal do Estado, sendo oito os postos de recolhimento localizados nos municípios de Belo Horizonte, Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberaba, Uberlândia e Varginha. No decorrer da campanha, começarão a ser cadastrados outros locais para o recolhimento, que serão devidamente cadastrados pelo Ministério de forma garantir a segurança de todo o processo.

Entrega

Para ir até um posto credenciado levando sua arma é necessário a Guia de Trânsito, obtida junto à Polícia Federal ou pelo site www.entreguesuaarma.gov.br/passo-a-passo-da-entrega, item “Como entregar”.

 Depois de tal providência, a arma deve ser transportada separada da munição e embalada de forma que impeça seu uso imediato. A identificação do entregador não será obrigatória. O agente público responsável pelo recebimento cadastrará os dados da arma entregue e gerará um protocolo de indenização e recibo.

Nesse momento, será necessário cadastrar uma senha numérica de quatro dígitos. O pagamento de indenização pode ser retirado em qualquer posto de auto-atendimento do Banco do Brasil.

O valor estará disponível um dia útil após a realização da entrega, devendo ser retirado em, no máximo, 30 dias. A indenização poderá ser de R$ 100, R$ 200 ou R$ 300, de acordo com o tipo de arma.

Notícias relacionadas