Ministro recebe Sinplalto e promete visita a Araxá em fevereiro

Ministro recebe Sinplalto e promete visita a Araxá em fevereiro

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araxá e Região (Sinplalto), secretário intersindical da Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais (Fesempre), e diretor-adjunto de Assuntos Educacionais da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), Hely Aires, esteve reunido com o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, na última semana, em Brasília. Mesmo com várias audiências marcadas para definir e planejar as diretrizes que a pasta deve seguir no governo Dilma Rousseff, o ministro fez questão de receber o sindicalista e escutou atentamente as reivindicações do funcionalismo público da região.

Entre os assuntos debatidos estavam a necessidade de melhoria do posto do Ministério do Trabalho em Araxá e a criação de um selo de excelência do trabalho para o setor público e privado.

“Viemos solicitar ao Ministério do Trabalho uma atenção especial ao escritório da Delegacia Regional do Trabalho em Araxá para que seja reformulada a estrutura administrativa e física do local. O posto já não atende a grande demanda da região e necessita urgentemente de melhorias para oferecer mais condições de trabalho aos funcionários do ministério e atendimento aos trabalhadores”, afirmou Hely.

“Como dirigente sindical, sugerimos ao ministro que crie um selo de excelência do trabalho para o setor público e privado, uma forma de beneficiar empresas e prefeituras que cumprem a legislação trabalhista. Sugerimos também que o ministro verifique a possibilidade jurídica de editar uma portaria federal exigindo que os municípios cumpram a revisão anual do setor público”, disse o presidente do Sinplalto ao ministro Carlos Lupi durante a audiência.

Hely também alertou ao ministro sobre algumas situações irregulares que ocorrem em municípios vizinhos a Araxá. “Ainda temos prefeituras na região que não cumprem determinados direitos trabalhistas, como, por exemplo, o pagamento do 13º salário e férias a servidores contratados. Estamos iniciando um trabalho nessas localidades, mas temos que encontrar meios jurídicos mais eficazes para que os servidores públicos desses municípios não continuem sendo prejudicados”, falou.

“Outra informação importante, motivo de orgulho para toda a região, é que Sacramento é um dos poucos municípios do Estado, senão o único, a ter funcionários públicos municipais concursados celetistas, ou seja, recebem normalmente o Fundo de Garantia. Como o Ministério do Trabalho e Emprego vai implantar a Homologa Net (sistema de homologação trabalhista via internet), sugerimos que a cidade seja a primeira cidade do país a ter o sistema implantado, como forma de presentear toda a região.”

Após documentar todas as reivindicações feitas, o ministro comprometeu-se a analisá-las imediatamente e fazer uma visita a Araxá.

“Vamos analisar as reivindicações feitas por este grande líder sindical e daremos uma resposta ao sindicato. Ou melhor, vamos levar pessoalmente as respostas das solicitações feitas. Vou pedir imediatamente para agendarem uma visita a Araxá. O prefeito já me fez o convite por duas oportunidades e achei bastante interessante essa sugestão do sindicato de presentear a região com Sacramento sendo a primeira cidade do país a ter implantado da Homologa Net”, disse Lupi.

“Ainda vamos verificar a possibilidade, mas de qualquer forma já vamos deixar agendada (fevereiro próximo) uma visita a Araxá e Sacramento. Terei o maior prazer de conhecer de perto as reivindicações da região e também faço questão de visitar os sindicatos”, destacou o ministro.

Ao final da audiência, Hely ainda deixou felicitações em nome do Sindicato dos Bancários de Araxá, Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Sindicato dos Trabalhadores da Alimentação de Araxá e Ibiá, Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Araxá, Sindicato dos Metalúrgicos e Sindicato da Construção Pesada de Araxá pela continuidade do ministro junto à pasta.

Trabalho interno

Além da audiência com o ministro Carlos Lupi, outros assuntos importantes do funcionalismo público foram discutidos junto ao setor de registro sindical.

“Primeiramente fomos tratar junto ao Setor de Registro Sindical do Ministério do Trabalho e Emprego alguns assuntos ligados ao Sindicato dos Servidores Públicos, como a inclusão do funcionalismo público de São Gotardo na base do Sinplalto e a regulamentação cadastral dos sindicatos de Perdizes, Campos Altos e Tapira para iniciarmos um trabalho mais intensivo nesses municípios, e ainda a situação da extensão de base do Sindicato da Construção Civil”, diz Hely.

Segundo ele, o trabalho realizado em Brasília foi bastante positivo. “Fiquei muito satisfeito, primeiro com as boas informações que recebemos em relação à regulamentação dos sindicatos da região que vai dar mais força para o Sinplalto continuar a trabalhar em prol dos servidores públicos e pelo encontro com o ministro Carlos Lupi”, destacou.

“Uma audiência agendada pelo nosso sindicato, sem nenhuma interferência política, e que aconteceu já na primeira semana do governo Dilma. Pela boa recepção que tivemos, o compromisso do ministro em visitar Araxá e região e a expectativa que ele deixou em relação as nossas reivindicações, esse encontro foi uma vitória para o Sinplalto e uma amostra do intenso trabalho que pretendemos realizar em 2011”, acrescentou o dirigente sindicalista.

Com Ascom/Sinplalto

Notícias relacionadas