Modelo de gestão pública em saúde de Araxá é referência no Estado

Modelo de gestão pública em saúde de Araxá é referência no Estado

O modelo de gestão da Secretaria Municipal de Saúde foi considerado como um dos melhores do Estado. Araxá, junto com Barbacena, foi convidada a participar da reunião ordinária do Colegiado dos Secretários Municipais de Saúde em Minas Gerais (Cosems/MG) na semana passada para apresentar as ações e avanços na área. O evento foi promovido no auditório da Secretaria de Estado de Saúde (SES), em Belo Horizonte.

O secretário Antônio Marcos Belo ministrou uma palestra que abordou os pontos em destaque na saúde pública do município e os projetos desenvolvidos nos últimos 18 meses. Segundo ele, diversos municípios mineiros, como Barbacena, Pirapora, Patos de Minas, Patrocínio e Itajubá vão visitar Araxá para copiar o modelo de gestão implantado em Araxá.

A gestão em saúde é voltada à análise das necessidades de saúde em geral e de grupos sociais específicos, com ênfase no Sistema Único de Saúde (SUS). O modelo incluiu processos, métodos e abordagens estatísticas como suporte à gestão em saúde, envolvendo a relação Estado e sociedade, comunicação, educação, economia e administração, entre outros temas.

De acordo com Antônio Belo, a palestra teve como foco a mudança de conceito, choque de gestão e mudança de todo o sistema de atendimento de Araxá. “A secretaria não tinha organização nenhuma, era um sistema todo amador e nós criamos um novo sistema de gestão que reabilitou a saúde pública no município. Apresentamos também a pesquisa realizada na cidade que antecipa o índice de valores humanos, onde todos os dados são trabalhados e a estratégia é aplicada para melhorar o sistema de saúde”, afirma.

“O grande diferencial foi o trabalho na Santa Casa que estava com uma divida de R$ 1,5 milhão, sem ortopedista, sem pediatra, pagamentos de médicos atrasados, é que hoje está em uma situação totalmente diferente. Agora temos credibilidade e a comunidade acredita no hospital. Na avaliação que fizemos, 88% das pessoas entrevistadas indicam a Santa Casa como referência”, acrescenta.

Segundo o secretário, a confiança da população é o grande ganho do trabalho realizado na gestão em saúde. “A mudança do atendimento na atenção primaria também foi um dos destaques que demos na palestra. As Unidades Básicas de Saúde (Unis) atendendo muito bem, a ampliação do Programa da Saúde da Família (PSFs) e do número de agentes comunitários que cresceu 91%, o grande investimento financeiro na Santa Casa, enfim, reformulamos a saúde pública e ganhamos uma grande credibilidade junto à população”, diz.

Apesar dos avanços, Antônio Belo ressalta que ainda há muito trabalho para se fazer. “Temos muito a melhorar. A saúde pública nunca está pronta, sempre estará em construção. Estamos trabalhando para informatizar a secretaria, para capacitar e treinar nossa equipe, com o objetivo de oferecer uma melhor qualidade de serviço de saúde em Araxá”, destaca.

Notícias relacionadas