Morte por dengue é confirmada em Araxá

Morte por dengue é confirmada em Araxá

Foi confirmada a primeira morte por dengue neste ano em Araxá. A vítima é um homem de 40 anos de idade que morreu há mais de três meses. O resultado dos testes que confirmaram a causa da morte foi informado à Secretária Municipal de Saúde só na última semana. A cidade passou por uma epidemia da doença no início do ano, com mais de 2.500 notificações, sendo quase 1.500 casos confirmados. O cuidado com a dengue nessa época do ano deve ser redobrado devido o período de chuvas e calor.

 

Em entrevista à TV Integração, a coordenadora da Vigilância Ambiental, Flavia Rios, explicou que o processo para confirmação do óbito por dengue é mesmo demorado. “A partir do momento que ocorre o óbito é feita uma investigação pela Vigilância Epidemiológica e enviado para Uberaba e depois para Belo Horizonte. Com isso é analisado toda a situação desse óbito para confirmar se o paciente morreu por dengue ou não. Esse registro serve como um alerta não só para toda a população, principalmente aqueles que têm alguma morbidade onde os casos ficam mais severos, mas também para nós, assistência, para realizar um balanço e nos preparar para o próximo ano”, explica.

 

A coordenadora destaca que a atual situação da dengue no município está no ideal. “Fizemos o LIRAa (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti) nesta semana e está abaixo de 1%, como é preconizado pelo Estado. A nossa preocupação é onde encontramos esse focos, vasos de plantas e bebedouros de animais, locais onde as pessoas podem evitar dentro das suas casas”, ressalta Flavia Rios

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: