Super banner
Super banner

Mulher é abordada por duas golpistas e perde R$ 1,9 mil

Mulher é abordada por duas golpistas e perde R$ 1,9 mil

Ocorrências

Na sexta-feira (25), por volta das 14h, a Polícia Militar (PM) realizava patrulhamento pela cidade quando foi acionada pela solicitante M.H.C., 60 anos, relatando que transitava pela Área 2 e que neste local foi abordada por uma mulher loira.

Tal mulher teria pedido ajuda à vítima para fazer uma operação bancária, no qual sacaria um prêmio da Megasena a qual ela havia sido contemplada em R$ 5 milhões. Em seguida, uma segunda mulher, de cor morena, teria aparecido em um veículo se propondo a auxiliá-las. Autora e vítima entraram no veículo e deslocaram para o Centro da cidade no intuito de comprovar via saque que possuíam conta em banco.

A mulher morena foi a um banco e relatou para a vítima que havia sacado a quantia de R$ 5 mil para comprovar o fato e neste instante a vítima também foi ao banco e sacou a quantia de R$ 1,9 mil, pois, segundo a autora loira, com isto elas iriam ganhar R$ 100 mil.

Neste instante, a mulher morena começou a fingir que passava mal e pediu para a vítima buscar um remédio para ela. Ao retornar, constatou que as duas autoras haviam evadido do local levando todo o seu dinheiro.

Foi realizado rastreamento no intuito de localizar as autoras e o veículo envolvido, porém, sem êxito.

Centro

PM apreende novamente droga escondida no cemitério

Na sexta-feira (25), por volta das 15h, a PM, durante patrulhamento pela rua Cassiano Lemos, Centro, mais precisamente no fundo do Cemitério das Palmeiras, se deparou com o adolescente J.B.L.S., 15, saindo do local em atitude suspeita.

Rapidamente foi feita a abordagem e localizada com o adolescente a quantia de R$140. Ao ser indagado sobre a procedência do dinheiro, uma vez que o adolescente não trabalha e é envolvido com o tráfico de drogas naquela região, ele desconversou e posteriormente confirmou que o dinheiro era proveniente do tráfico de drogas e que havia acabado de vender a “última pedra”.

Ao realizar buscas no local de onde o infrator havia saído, foram localizadas e apreendidas quatro pedras de crack, duas do tamanho habitualmente comercializado e outras duas de tamanho maior, que se picadas renderiam aproximadamente mais 50 pedras, escondidas em vários túmulos, e também duas lâminas utilizadas para picar a droga, com resquício do crack.

Diante o exposto, o infrator foi apreendido, estando acompanhado pela sua mãe. Ressalta-se que alguns companheiros de crime do infrator também foram apreendidos pela PM há dois dias do fato, realizando o tráfico de drogas no mesmo local (dentro do cemitério) e se encontram cumprindo medida socioeducativa. O infrator J.B.L.S. já cumpriu medida socioeducativa em datas anteriores também por tráfico de drogas.

São Geraldo

Autores são presos por tráfico

No sábado (26), por volta das 17h, a PM compareceu à Praça do Goiano, no bairro São Geraldo, onde se encontravam os autores M.A.F., 41, e C.A.N., 37, que ao perceberem a aproximação dos militares dispensaram algo que cada um portava nas mãos.

Ao serem abordados, foi verificado que eles haviam se desfeito de seis unidades de crack. C.A.N. relatou que pouco antes da presença dos militares tinha pedido e acabado de ganhar uma pedra de crack de M.A.F., a qual dispensou ao solo e que as outras cinco pedras eram de M.A.F., que havia adquirido a droga por R$ 50 do autor E.I.F., 30.

O autor E.I.F. foi localizado próximo da praça e negou ter fornecido drogas, todavia, a testemunha H.D.S., que é sogra do autor, franqueou a entrada dos policiais na casa dele e presenciou quando estes encontraram sobre um guarda-roupas uma porção de maconha, e sobre um elevado de alvenaria uma pedra de crack.

Diante dos fatos, as substâncias ilícitas foram apreendidas juntamente com R$ 95 e um telefone celular que estavam com E.I.F., bem como os autores foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as demais providências.

Notícias relacionadas