Mulher é morta no São Geraldo

Mulher é morta no São Geraldo

A Polícia Militar (PM) registrou dois homicídios em Araxá em menos de um dia. Hoje (25) pela manhã, quando saía para o trabalho, uma mulher de 33 anos foi abordada pelo ex-companheiro e baleada na cabeça, na rua Santa Catarina, no bairro São Geraldo.

Segundo a PM, o assassino estava morando em Uberaba e veio a Araxá para praticar o crime inconformado com o fim do relacionamento. Uma unidade do Corpo de Bombeiros foi ao local, mas Sueli Rosa Silva, que trabalhava em uma concessionária de veículos, já estava morta. 

Ainda de acordo com os militares, o autor fugiu em uma moto. A PM faz rastreamentos e tenta localizá-lo.

O corpo dela foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Filho é acusado de matar o pai

O segundo homicídio foi registrado na manhã de ontem (24) quando a PM foi acionada e esteve na rua  Alexandre Bento Cipriano, bairro Ana Pinto de Almeida. O filho da vítima chegou ao barraco do pai e o encontrou morto em cima da cama. Francisco Garcia Rosa, de 59 anos, estava com um saco plástico na boca e uma pedra grande no rosto.

Os próprios familiares apontaram o filho mais velho, Leandro Alberto de Oliveira, 29, como o autor. No desenrolar da ocorrência, ele foi preso e levado a delegacia. Ainda não se sabe o que teria motivado o crime. Na residência não havia sinais de arrombamento.

Segundo o auxiliar de necropsia do IML em Araxá, Hudson Fiúza, quatro pessoas foram assassinadas este ano na cidade.

Notícias relacionadas