Munícipios devem cadastrar bibliotecas públicas para receber benefícios

Munícipios devem cadastrar bibliotecas públicas para receber benefícios

Gestores municipais devem ficar atentos ao prazo de cadastramento das bibliotecas públicas localizadas em suas cidades. A cada dois anos, é necessário que as prefeituras preencham um formulário com dados básicos sobre as bibliotecas e encaminhem para o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas Municipais (SEBPM), já que é este documento que viabiliza o acesso aos benefícios oferecidos pelo Governo do Estado, como capacitação dos funcionários, doação de acervo, acessórias técnicas relativas ao funcionamento, atendimento aos leitores e organização dos livros.

O processo de cadastramento deste ano foi aberto em janeiro, porém, seu prazo foi estendido devido às 185 cidades que ainda não enviaram o formulário preenchido para o SEBPM. O novo prazo final ainda não foi definido. “Precisamos que esses municípios que ainda não nos responderam enviem os formulários devidamente preenchidos o mais rápido possível, para que nos possamos saber quais ações podemos tomar para melhorar o serviço oferecido a população”, diz a diretora do SEBPM, Marina Nogueira

A última cidade que enviou o formulário preenchido foi Tupaciguara. De acordo com Rosália Prudente, secretária municipal de Cultura e Comunicação da cidade e a responsável pelo preenchimento dos dados, “o cadastramento é uma forma de aproximação do governo com as prefeituras que estão distantes da capital”.

Sobre o formulário

O formulário pode ser encontrado acessando o link:http://www.cultura.mg.gov.br/images/2015/Sub/sistema_estadual_de_bibliotecas_publicas_municipais_-_formulario_para_recadastramento_2015_pdf.pdf

Ao responder o formulário, o responsável deve responder todos os itens sem exceção. Após o preenchimento, o documento deve ser assinado pelo prefeito do município. Além do formulário, é necessário também que fotos internas e da fachada da biblioteca sejam anexadas a um CD e encaminhadas junto ao documento.

Bibliotecas escolares não são consideradas. Além disso, outros dados também devem ser considerados, como número de funcionários, horário de funcionamento, qual o espaço físico da biblioteca, dados sobre os leitores, informações sobre as ações que acontecem na biblioteca, se existe acesso para os deficientes, dados sobre o acervo e sobre os aparelhos eletroeletrônicos que a biblioteca tem.

Para fazer o recadastramento as prefeituras devem enviar o formulário preenchido para:

Praça da Liberdade, 21, salas 303/304, Funcionários.

Belo Horizonte/ MG

CEP 30140-010

Para mais informações: (31) 3269-1202 ou  [email protected]

Notícias relacionadas