Negociação Internacional reúne empresários de Araxá e região

Negociação Internacional reúne empresários de Araxá e região

Representantes das empresas Bioética Ambiental, Casa do Torneiro, Gigantão Engenharia de Movimento, Ideal Calçados, Levfort Indústria Comércio Importação e Exportação, MPI Manutenção e Projetos Industriais e da Valtec Empilhadeiras participaram, nesta semana, da primeira capacitação do Plano de Ação Setorial, com ênfase na Negociação Internacional. O evento foi realizado na sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Uberaba, conforme parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), a Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) com objetivo de promover a internacionalização das empresas, visando a competitividade, inovação, parceria e negócios no exterior.

“Nós já fizemos duas capacitações; uma em Belo Horizonte e essa em Uberaba por causa da demanda que a gente percebeu aqui na região. A expectativa é muito boa. As empresas estão empenhadas para que dê certo”, enfatizou a analista de Negócios Internacionais da Fiemg, Priscila Araújo Ferreira.

Na primeira etapa do dia, os empresários foram instruídos sobre a participação de feiras. Na segunda parte, realizada à tarde, aprenderam sobre negociação em feiras e rodadas de negócio. O grupo também simulou uma negociação internacional. Toda a capacitação teve duração de nove horas e foi ministrada pela especialista em Comércio Exterior, Dayse Bastos. “Espero que a gente consiga plantar uma sementinha de planejamento nos empresários, tanto para uma feira nacional, quanto para internacional. Sem o planejamento não há como ter sucesso. Pode ser bom, ter uma boa experiência, mas nada que vá se concretizar em negócios”, conclui.

Para o diretor da empresa Bioética Ambiental, Aires Martins, que participa do Projeto da Cadeia Produtiva de Energia de Uberaba e Araxá desde 2013, a consultoria serviu para apresentar uma nova visão de trabalho. “Nós participamos de duas feiras internacionais, na Noruega e na Escócia. Agora, com essa capacitação, com essa orientação, temos uma nova expectativa para o trabalho de busca dos parceiros certos para fechar negócios”, revela.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: