Novos membros do conselho diretor da FCA são definidos

Novos membros do conselho diretor da FCA são definidos

Novos membros do conselho diretor da FCA são definidos

A posse está marcada para o próximo dia 31, no Tribunal do Júri do Uniaraxá; o mandato é de dois anos.

última alteração: 17/03/2011

Da Redação – 16.03.2011 – Os sete novos membros do conselho diretor da Fundação Cultural de Araxá (FCA) foram eleitos nesta tarde (16) por um conselho comunitário composto por 21 representantes de diversos segmentos da sociedade, em audiência promovida no Tribunal do Juizado Especial.

Representando o Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá), foram eleitos os professores José Carlos da Silva e Adriene Costa de Oliveira; os representantes da FCA são os professores Wagner de Freitas Oliveira e José Oscar de Melo (membros do conselho de transição); o representante da Associação Comercial e Industrial de Araxá (Acia) é o empresário José Donaldo Bittencourt Júnior; pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) o representante eleito foi o empresário Fernando de Lima Pereira Ribeiro. A Secretaria Municipal de Educação tem cadeira cativa e é representada pela secretária Maria Célia Araújo Oliveira.

A posse do novo conselho acontece no próximo dia 31 de março, no Tribunal do Jurí no Uniaraxá.

A audiência pública foi presidida pelo juiz titular da na 3ª Vara Cível da Comarca de Araxá, Ibrahim Fleury de Camargo Madeira Filho, e contou com a presença da promotora de Justiça curadora de Fundações, Mara Lúcia Silva Dourado.

Para a escolha dos nomes, cada entidade que compõe o conselho diretor (Uniaraxá, FCA, Acia e CDL) indicou uma lista tríplice com seus respectivos representantes. O processo seguinte foi a eleição dos representantes indicados pelo conselho comunitário. O mandato é de dois anos, quando acontece nova eleição.

O conselho fiscal da FCA, responsável pela fiscalização das ações do conselho diretor, será composto por representantes do Conselho Regional de Administração (CRA), do Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), sendo os nomes indicados pela própria direção dos órgãos, sendo pessoas com experiência na área jurídica e contábil.

A promotora afirma que a composição do novo conselho encerra um importante capítulo na história da FCA e do Uniaraxá. “Foi uma decisão democrática que contou com a manifestação de todos e acredito que chegamos a um bom resultado para a fundação e toda a comunidade acadêmica”, destaca Mara Dourado.

Ela acrescenta que depois da posse dos novos membros o próximo passo será a reformulação do estatuto da FCA.

O conselheiro e professor Wagner de Freitas Oliveira ressalta que a eleição dos novos membros foi conduzida na maior forma democrática possível. “A comunidade pôde exercer a sua opinião e através do conselho comunitário elegeu seus representantes. Temos uma grande expectativa quanto ao futuro da FCA e do Uniaraxá. O que queremos agora é apagar essa imagem negativa que ficou durante todo esse processo, e oferecer um ensino de qualidade, sem grandes interferências”, afirma.

Eleição

O conselho comunitário que elegeu o novo conselho diretor da FCA foi formado por um representante da Arap, da Capal, do Sindicato Rural, da Crediara, da Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia, da Fundação Maçônica, do Conselho Municipal de Educação, do Conselho Municipal de Saúde, da OAB, do Crea, do DCE do Uniaraxá, do CRA e do CRC.

Os funcionários administrativos e professores do Uniaraxá também fizeram parte, com dois e seis representantes, respectivamente.

Notícias relacionadas