O Planalto de Araxá ganha 477 novos profissionais

O Planalto de Araxá ganha 477 novos profissionais

A semana que passou foi marcada por uma intensa jornada de colações de grau no Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá). Os 477 formandos dos cursos de Direito, Enfermagem, Educação Física, Recursos Humanos, Sistemas para Internet, Gestão Comercial, Marketing, Ciências Contábeis, Administração, Sistemas de Informação e Fisioterapia movimentaram o salão de festas Grann Hall entre os dias 13 e 17, acompanhados pelos seus parentes, amigos e convidados. As cerimônias foram dirigidas pelo magnífico reitor do Uniaraxá, professor mestre Válter Gomes.

Foram momentos de grande emoção, com pronunciamentos carregados de sentimentos nobres, dirigidos aos formandos pelos patronos, paraninfos e oradores. Os concluintes eram só alegria, com suas becas pretas, capelos e canudos em punho, sendo destacados, abraçados e cumprimentados por todos.

A solenidade de colação de grau marca o coroamento dos esforços e sacrifícios pessoais dos últimos anos, ao longo dos quais, a instituição teve a oportunidade de compartilhar o desenvolvimento de cada acadêmico, primando por uma educação capaz de capacitá-los para a vida e para o mercado de trabalho.

Os convidados especiais indicados pelo Uniaraxá e pelos graduandos, em sua maioria, lembraram que a conclusão de um curso superior não garante a chave do sucesso, nem assegura vantagens e direitos inquestionáveis, a princípio. E que o conhecimento, a instrução, a formação técnica se constituem no ferramental que permite ao formando almejar o êxito profissional, que somente será alcançado com muito esforço, dedicação e pleno aproveitamento das oportunidades.

“Daqui por diante, caberá aos senhores darem sequência a esse impulso inicial, buscando novos desafios e atualização constante. Desejo sinceramente que a felicidade pessoal e o sucesso profissional convivam com cada um, certo de que seus familiares saberão ampará-los e estimulá-los nessa difícil fase de transição, do estudante de ontem para o profissional de agora. Estejam certos de que sentiremos a falta de vocês, mas saibam que o Uniaraxá estará sempre pronto para recebê-los quando desejarem aperfeiçoar sua formação”, destacou o professor Válter Gomes.

O reitor ressaltou que o diploma de curso superior abre uma série de oportunidades para enfrentar os desafios do mundo do trabalho, cada vez mais exigentes em relação à formação qualificada e abrangente dos profissionais que atuam em toda e qualquer área.

“Por esta razão o Uniaraxá está atento para atualizar a oferta dos seus cursos, para capacitar o corpo docente, bem como promover contínuas melhorias nas condições infra-estruturais, focando, assim, seus esforços na razão maior de uma instituição educativa: o aluno.”

O reitor lembrou ainda que a qualidade do ensino está na ordem do dia das entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais, levando-as a uma reflexão sobre novos mecanismos que favoreçam a elevação da qualidade do ensino aplicado em cada instituição educacional. E no Uniaraxá não é diferente. Uma nova política de seleção tem sido adotada, desde o último vestibular, visando ao aprimoramento dos níveis de conhecimento para o ingresso no centro universitário.

A análise criteriosa dos exames de seleção tem provocado um alto índice de reprovações. “Temos perseguido cada vez mais a qualidade do ensino e começamos pelo vestibular. O aluno que não conseguir  50% de aprovação na prova de redação não tem nenhuma chance de ingressar no Uniaraxá. Ele é eliminado, independente de haver vagas. Mas poderá tentar novamente, no próximo vestibular especial, que haverá em janeiro”, esclareceu o reitor.

Notícias relacionadas