Obras do Centro Administrativo devem ser retomadas na próxima semana

Obras do Centro Administrativo devem ser retomadas na próxima semana

Da Redação – O secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, João Bosco Borges, afirmou que as obras do Centro Administrativo Juscelino Kubitschek devem ser retomadas a partir da próxima semana. Devido a uma reestruturação em sua pasta, algumas obras ficaram paradas. Segundo o secretário, esse período já passou e agora vai continuar a construção do Centro Administrativo. Obra ao lado da Câmara Municipal está orçada em mais de R$ 18 milhões e começou em 2010.

“Estaremos dando continuidade ao gabinete do prefeito e também terminando aqueles blocos das secretarias. O prefeito já deu o ok para a gente concluir essas obras. Estamos reunindo com os empreiteiros que temos os contratos para que já retomemos as obras na próxima semana”, diz o secretário.

João Bosco conta que os três blocos de pavimento (onde ficam as secretarias) estão com 85% das obras concluídas e o gabinete, com 35% concluído. “A nossa preocupação é agilizar o reinício das obras e concluí-las até o final de ano. O prefeito anunciou que as secretarias, dentro de seis meses ficariam prontas, vamos cumprir esse cronograma”.

Recentemente, o vereador Eustáquio Pereira denunciou que estava havendo abandono de materiais na obra do Centro Administrativo. Por meio de fotos, ele mostrou ferragens para armação de teto enferrujadas e placas de mármore deixadas a céu aberto e sendo cobertas pelo mato, lâminas de vidro e sacos de gesso espalhados em um dos prédios que abrigará secretaria e departamentos, além de desperdício de material presente também no prédio administrativo do futuro gabinete.

“Eu acompanhei o pronunciamento do vereador Eustáquio Pereira, acho que ele está no direito de cobrar, é a função dele, mas tecnicamente, falou sem conhecimento. O que tem que ser feito lá na parte técnica, a gente está cuidando. Não está havendo desperdício de material. Se houver furtos de material como ouvi, nós vamos apurar”, esclareceu o secretário.

Notícias relacionadas