Olympique e Tigrão ficam no empate

Olympique e Tigrão ficam no empate

Com dois tempos distintos, Olympique e Tigrão não passaram de um empate em 1 a 1, na manhã de hoje, na Associação dos Funcionários da Bunge (AFB), pela 10ª rodada do Campeonato Amador. Após os primeiros 45 minutos de muita marcação e pouco futebol, os dois times resolveram buscar a vitória, mas ficaram iguais no placar. Com o resultado, o Tigrão caiu para a terceira posição, já o Olympique foi para a sexta colocação.

Etapa inicial ruim

Sem encaixar um bom futebol, Tigrão e Olympique visivelmente tiveram dificuldades em jogar nas dimensões maiores do campo da AFB. O que se viu foram muitos lançamentos sem direção, erros de passes e pouquíssimos chutes a gol.

O Tigrão explorou muito a jogada pela ponta direita com o rápido lateral Lucas Manguinha, mas a jogada ficou manjada e como ninguém aparecia para encostar com o jogador, as tentativas ficaram isoladas.

Com bolas alçadas para Fábio Tapira, Gabriel e Alex, o Olympique tentou surpreender, mas as saídas do gol de Ednei foram precisas e o primeiro tempo não passou disso.

Olympique sai na frente, mas Tigrão empata

No segundo tempo quem tomou a iniciativa foi o Tigrão, que chegou bem em duas jogadas trabalhadas por Serginho e Dedé.  Assistindo o adversário gostar do jogo, o treinador Guti sacou Gabriel e colocou Netinho, no Olympique.

Na primeira participação na partida, Netinho cobrou escanteio, a zaga afastou mal e Ariterlan chutou de fora da área, no meio do caminho houve um desvio sobrando para Fábio Tapira, de cabeça, fazer 1 a 0.

A vantagem fez o time de Tapira recuar e o Tigrão teve espaços, principalmente pelas laterais para buscar o empate. Aos 33, Dedé chutou forte de fora da área e Dida só acompanhou a saída da bola pela linha de fundo, passando tirando tinta da trave.

O Tigrão ficou mais perto do gol e, aos 36, Dedé deixou tudo igual. Zé Renato fez boa jogada pela ponta direita e cruzou na área, Dedé se antecipou aos zagueiros e fez um belíssimo gol batendo de voleio no canto direito de Dida.

O gol deu moral à equipe, que só não saiu com os três pontos porque Serginho errou um gol feito aos 44 minutos, quando a bola sobrou livre para ele, mas o Gladiador bateu em cima de Dida.

Ficha técnica

Tigrão: Ednei, Lucas Manguinha (Zé Renato), Juninho, Anselmo (Hugo) e Marquinhos (Geraldo); Gerson, Alan, Dedé e Eduardo (Edmilson); Serginho e Elvinho.
Treinador: Tibiriçá.

Olympique: Dida, Bazé, Joãozinho (Wellington), Luciano e Eduardo; Sargento, Juninho, Ariterlan e Alex; Gabriel (Netinho) e Fábio Tapira.
Treinador: Guti.

Árbitro: Walter José.
Auxiliares: Sebastião Prosolino e Cláudio Cavichiolli.

Gols: Fábio Tapira, aos 18, e Dedé, aos 36 minutos do segundo tempo.

â–º Classificação

â–º Tabela

Notícias relacionadas