Onze bares e restaurantes de Araxá são certificados pelo projeto Metendo a Colher

Onze bares e restaurantes de Araxá são certificados pelo projeto Metendo a Colher

Cerca de 70 pessoas participaram da solenidade de certificação do projeto Metendo a Colher, na sede da Associação Comercial, Industrial, de Turismo, Serviços e Agronegócio de Araxá (Acia). O projeto realizado pela entidade contou com o apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Prefeitura de Araxá – 150 Anos, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e do Clube da Cozinha.

“O objetivo do projeto é a promoção da cadeia produtiva gastronômica a partir da modernização, da preservação cultural da culinária mineira e do resgate do prazer de sentar à mesa para celebrar a alquimia dos ingredientes”, enfatizou o gerente da Regional Triângulo do Sebrae, William Rodrigues de Brito.

Os representantes do Arena Bar, Avenida 651, Bossa Nova, Escritórios Bar, Panini Express, Restaurante e Pizzaria Tarantela, Rota Retrô Bar, Spetus, Tauá Grande Hotel, Um Don Bistrô e Urubas receberam prato personalizado com os dados do projeto e banner com apresentação do prato para expor em seus estabelecimentos além de kit contendo camiseta, avental, bandana, toalhas de papel personalizadas e o passaporte (material impresso que apresenta o nome do estabelecimento com horário de funcionamento e o prato elaborado no projeto).

“Este engajamento de todos é muito importante. Nós não somos concorrentes, estamos juntos para trabalhar pelo turismo de Araxá”, salientou o proprietário do Spetus, Álvaro Maneira Júnior.

O trabalho do projeto Metendo a Colher consistiu na consultoria do chef Eduardo Avelar para a elaboração de um Circuito dos Sabores, ou seja, o desafio dos empresários seria elaborar pratos diferenciados com ingredientes da culinária local e regional para incrementar seus cardápios, resgatar a cultura mineira e atrair o público. “Com a certificação, na realidade, começa uma nova etapa do projeto Metendo a Colher. O grupo de empresários deve se mobilizar e propor às entidades parceiras novas ações e estas, com certeza, estarão prontas para atender”, comentou o chef Eduardo Avelar, considerado referência da culinária mineira contemporânea.

Para o presidente da ACIA, a oferta de novos roteiros gastronômicos complementa as opções para os turistas. “Os visitantes poderão conhecer um pouco mais sobre a culinária da cidade e, sem dúvida, as novidades no cardápio ampliam as possibilidades para os micro e pequenos empresários participantes. Ficamos muito satisfeitos com o resultado”, salientou o presidente da ACIA, Márcio Antônio Farid.

Conheça cada prato.

Arena Bar apresentou o prato Douradinha, um espetinho de dourada no azeite de açafrão com vinagre de pimenta biquinho e farinha de biju;

Avenida 651 desenvolveu o prato Senzala, elaborado com carne de sol à moda 651 servida na abóbora cabotia coberta com lágrimas de queijo de Minas, acompanhada de farofa de jiló;

Bossa Nova elaborou o prato Canelada com canela de porco cozida a baixa temperatura, esturricada em óleo quente com purê de banana nanica apimentada e crispy de couve;

Escritórios Bar apresentou o prato Trem Doido, composto por filé de tilápia, purê de batatas com queijo Araxá, pimenta biquinho e salada de tomate, cebola e vinagrete especial com gengibre;

Panini Express apresentou o Risoto da Casa, elaborado com banana da terra, linguiça artesanal e queijo de Araxá;

Restaurante e Pizzaria Tarantela apresentou Lombo da Beja ao Caramelo de Café com lombo grelhado com caramelo de cebola e café, servido com mandioca cozida e couve frita;

Rota Retrô desenvolveu Bolinho de Quintal composto por bolinho de jiló com linguiça e queijo de Araxá, servido com molho apimentado e molho de alho;

Spetus apresentou a Trouxinha do Huck. Couve com ragu de linguiça, angu e fubá torrado com queijo de Araxá;

Tauá Grande Hotel apresentou a Costelinha Romeu e Julieta com costelinha de porco caipira flambada na cachaça mineira com chutney de goiabada cascão. O acompanhamento é musseline de batata baroa e queijo Canastra;

Um Don Bistrô desenvolveu o Bife do Don, um bife de tira de contrafilé com banana da terra e bacon;

Urubas desenvolveu Filé de Tilápia Dona Beja composto por filé de tilápia, purê de batatas com queijo de Araxá, pimenta biquinho e salada de tomate, cebola e vinagrete especial com gengibre.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário: