Operação tapa buracos prioriza vias de trânsito rápido e de ônibus

Operação tapa buracos prioriza vias de trânsito rápido e de ônibus

Desde que a nova administração assumiu a Prefeitura, a secretaria de Desenvolvimento Urbano tem tido muito trabalho na operação tapa buracos. O período de chuvas é apontado como a principal causa dos buracos nos quatro cantos da cidade. Cerca de 40 homens de uma empresa terceirizada pela Prefeitura trabalham na operação.

De acordo com secretário de Desenvolvimento Urbano, João Bosco Borges, o processo de recuperação das vias poderia ser mais rápido, mas como o tempo continua instável, os trabalhos são paralisados em dias de chuva. 

“Nossa prioridade são as vias de trânsito rápido e as que possuem linhas de ônibus coletivo. Até o fim deste mandato, cerca de 80% da malha viária será recuperada”, destaca.

Na avenida José Ananias de Aguiar, uma das avenidas com a situação mais precária, a secretaria já programou o início dos trabalhos, mas depende do fim das chuvas. “Vamos fazer um serviço provisório, lá (José Ananias de Aguiar), deverá ser feito um trabalho de base e sub-base, que vai durar por muitos anos”, diz.

Dois mutirões trabalham na cidade, um com obras que vão do setor leste ao Centro e outros do setor oeste, também com sentido ao Centro.

Segundo João Bosco, o mutirão segue um cronograma e a previsão do término da operação de melhorias é de 40 dias.

Notícias relacionadas